Sabado, 13/08/2022
Joinville - SC

Zagueiro do Bragantino é preso pela polícia após provocar acidente com morte

julho 23, 2022
Zagueiro do Bragantino é preso pela polícia após provocar acidente com morte
Compartilhar
Ouvir publicação

O zagueiro Renan, do Red Bull Bragantino, foi preso pela Polícia Civil após se envolver em um acidente de trânsito com morte na manhã desta sexta-feira, 22, em Bragança Paulista. O atleta está na cadeia de Piracaia e vai passar por audiência de custódia no sábado, 23.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!

jogador Renan confessou ter tomado gin em festa, diz polícia

Fala foi feita à polícia durante o atendimento da ocorrência, mas durante o depoimento na delegacia ele permaneceu em silêncio. Polícia diz que o zagueiro Renan estava sob influência de álcool e não tinha permissão para dirigir. Zagueiro foi autuado por homicídio culposo.

“Verificamos através dos depoimentos, até com os policiais que atenderam a ocorrência, que ele afirmou que estava em uma festa e tinha ingerido bebida alcoólica, ele disse que ingeriu gin. Disse que acabou cochilando e por isso perdeu a direção do veículo”, disse a delegada Aline Alessandra Marques Faria Ferreira.

 

Sem habilitação

Após o acidente, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) esteve no local e constatou no atendimento que o jogador tinha odor de álcool, além de haver uma uma garrafa de bebida próximo ao veículo. Os agentes pediram que ele fizesse o teste do bafômetro, mas Renan se recusou e foi levado à delegacia.

De acordo com a Polícia Civil, o jogador contou aos policiais que antes do acidente havia passado a madrugada em uma festa em Campinas e confessou ter bebido no local.

Além disso, Renan não tinha habilitação. De acordo com a PRE, ele tinha uma permissão para dirigir, que é feita antes do documento oficial. No entanto, no período em que se está com a permissão, não é permitido cometer infrações, sob pena de perda, o que aconteceu com o jogador.

Em nota, o Red Bull Bragantino disse que está acompanhando o caso de perto “e se coloca à disposição para prestar toda a assistência necessária às autoridades e aos familiares da vítima, com os quais se solidariza neste momento de grande tristeza”.

Block