Segunda, 27/06/2022
Joinville - SC

VÍDEO : Suspeito de roubar relógios de luxo é preso

março 21, 2022
VÍDEO : Suspeito de roubar relógios de luxo é preso
Compartilhar
Ouvir publicação

Na manhã desta segunda-feira (21), a Polícia Civil, por intermédio da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos (1ª DR), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), deflagrou a Operação Kairós com objetivo de combater quadrilha que praticava roubos de relógios de luxo.

Clique aqui e assista o vídeo

Até o momento, 3 pessoas foram presas preventivamente, 1 temporariamente e 1 em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Foram cumpridos 16 mandados de busca e de apreensão nas cidades de Porto Alegre/RS, Viamão/RS e Joinville, restando apreendidos armas de fogo e veículos.

Ainda, foram realizados os bloqueios das contas bancárias vinculadas aos investigados, totalizando R$ 374.832,23 (trezentos e setenta e quatro mil, oitocentos e trinta e dois reais e vinte e três centavos), com a finalidade de ressarcir os prejuízos da vítima ou de terceiros interessados.

 

O Crime
No dia 09 de novembro de 2021, por volta das 10h10min, quatro pessoas, portando armas de fogo, abordaram a vítima e uma funcionária, no estacionamento de um prédio comercial, logo após ter deslocado do Shopping Iguatemi, e roubaram 9 relógios de luxo, da marca Rolex, avaliados em mais de R$ 374.832,23.

Os Suspeitos
O líder do grupo criminoso foi preso na cidade de Viamão/RS, num condomínio fechado. Cumprindo pena e sendo monitorado por meio de tornozeleira eletrônica, pelo que a investigação aponta, não deixou de se vincular à ações criminosas. Na época, o líder do grupo criminoso foi preso no estado de Santa Catrina, com apoio da Polícia Rodoviária Federal, que abordou o veículo em que transitava. O suspeito foi intensamente investigado nos anos de 2018 e 2019 por ter vinculação com crimes de roubos contra a empresa de transportes STV e de instituições bancárias, restando por alguns fatos, absolvido, por outros, condenado e ainda, responde a ações penais.

Outro suspeito, que também figura como investigado de roubos a estabelecimentos bancários, roubos a empresas de transportes de valores e roubos a lotéricas, foi preso em flagrante, durante a investigação criminal, na cidade de Frederico Westphalen. Hoje, foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva pelos fatos expostos.


Os dois últimos suspeitos, ainda, restaram indiciados pelo crime de lavagem de capitais. Outro preso, capturado na Capital, foi identificado como sendo um parente de um antigo investigado da especializada, agora passando a agir, criminosamente.
Na zona norte da Capital, no cumprimento de um dos mandados de busca e apreensão, uma pessoa foi presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, sendo apreendido uma pistola calibre 9mm, com numeração suprimida.

A operação contou com o apoio da Policia Civil de Santa Catarina. Mais informações poderão ser obtidas com o Delegado de Polícia João Paulo de Abreu, titular da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos (1ª DR), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC).

 

Roubo causou prejuízo de mais de R$ 374 mil – Foto: PC/Divulgação

Block