Sexta, 27/05/2022
Joinville - SC
outubro 27, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

Começou às 9h desta terça-feira, (27), no fórum da comarca de Joinville, o julgamento popular de Leonardo Natan Chaves Martins. Segundo o Ministério Público, o rapaz é acusado de homicídio duplamente qualificado, por recurso que dificultou a defesa da vítima e pelo feminicídio. Também responde por fraude processual.

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

O réu iniciou seu depoimento por volta das 11h30.  Ao todo, cerca de 11 testemunhas devem ser ouvidas durante a sessão. Leonardo foi denunciado pelo MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) por homicídio doloso duplamente qualificado – surpresa e feminicídio.

Relembre o caso

O crime ocorreu no dia 23 de julho, no Distrito de Pirabeiraba, em Joinville. Após o disparo, Leonardo colocou o corpo da jovem no porta-malas do carro e a levou até o Hospital Bethesda. Gabriella já chegou morta na unidade.

Após deixar a namorada em cima de uma maca, Leonardo fugiu para São Francisco do Sul e, no caminho, teria jogado a arma usada no crime no Canal do Linguado.

ASSISTA O VÍDEO

Leia Mais

Block