Quinta, 19/05/2022
Joinville - SC

Vendas para o Dia das Mães terão resultados favoráveis para o comércio

maio 3, 2022
Vendas para o Dia das Mães terão resultados favoráveis para o comércio
Compartilhar
Ouvir publicação

A segunda maior data do calendário do traz um ânimo para os resultados das vendas no varejo. Este otimismo foi externado pelos empresários que responderam o levantamento realizado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC) sobre as expectativas para as vendas do Dia das Mães em relação ao ano passado.

 

Para 69,5% dos entrevistados, a previsão é que as vendas serão melhores em 2022. Para 39% dos lojistas, o percentual de aumento de vendas no Dia das Mães será de 5% a 10% neste mês de maio. Quanto ao ticket médio de compras, 27,1% relataram que esperam um valor entre R$ 101,00 e R$150,00.  “Com grande força, a data do Dia das Mães é a ocasião perfeita para esquentar as vendas do primeiro semestre e visualizar um cenário mais promissor para os resultados do restante do ano”, projeta o presidente da FCDL/SC, Ivan Roberto Tauffer.

Tirando possíveis instabilidades que possam afetar a economia, o cenário do maior controle da pandemia, que possibilitou a maior circulação de pessoas, junto com a vacinação, mais a antecipação do décimo terceiro salário para os aposentados e pensionistas do INSS, proporcionada pelo Governo Federal, que também liberou o saque extraordinário do FGTS, contribuem para o cenário otimista em relação a essa data tão tradicional.

A mostra da FCDL/SC revelou que dentre os itens mais procurados para presentear as mães destacam-se roupas, calçados, flores, eletrodomésticos, eletroeletrônicos. Os estabelecimentos catarinenses estarão operando tanto de forma física quanto on-line e com muitas promoções para atender os clientes. “Além do alto significado afetivo que a data representa, é uma excelente oportunidade para as pessoas homenagearem as mamães de todas as gerações com beijos, abraços e, é claro, com muitas lembranças e presentes”, conclui o presidente da FCDL.

Block