Domingo, 16/01/2022
Joinville - SC

Vacinação de crianças em Joinville será realizada por meio de agendamento

janeiro 14, 2022
Vacinação de crianças em Joinville será realizada por meio de agendamento
Compartilhar
Ouvir publicação

Nos próximos dias, está prevista a chegada de doses de vacina contra a Covid-19 para imunizar crianças de 5 a 11 anos. Em Joinville, a imunização deste público será realizada por meio de agendamento, assim como foi a aplicação das primeiras doses para os demais públicos.

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

“Vamos retomar o agendamento para a primeira dose das crianças com o objetivo de repetir a estratégia bem sucedida na vacinação dos adultos”, destaca Rejane Gambin, prefeita de Joinville, em exercício.

A aplicação das doses em crianças será realizada na Unidade Básica de Saúde da Família do Bucarein (rua Inácio Bastos, 555), que funcionará como uma Central de Imunização Infantil, exclusivamente para o atendimento deste público.

Para os adultos, a vacinação continuará sendo oferecida na Central de Imunização do Centreventos Cau Hansen (avenida José Vieira, 315 – América), por demanda espontânea, com aplicação de primeira e segunda dose e também da dose de reforço.

Pré-cadastro será aberto na sexta-feira (14/1)

O pré-cadastro poderá ser realizado a partir de sexta-feira (14/1), às 15h, no site da Prefeitura de Joinville (joinville.sc.gov.br), da mesma forma que foi feito pelo público adulto. No momento do preenchimento dos dados, deve ser utilizado o número do CPF da criança.

Logo que o quantitativo de doses for disponibilizado, a Prefeitura de Joinville vai divulgar a abertura do agendamento, que será realizado de forma escalonada, iniciando pelos grupos prioritários e seguindo por idade, de forma decrescente.

Levando em consideração as previsões da logística de distribuição do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde, a vacinação em crianças em Joinville deve ter início no começo da próxima semana.

Como solicitar o CPF

Os responsáveis das crianças que ainda não possuem o Cadastro de Pessoa Física (CPF) precisam providenciar a emissão do documento, que é emitido pela Receita Federal. O CPF pode ser solicitado pela internet, no site da Receita Federal, ou pessoalmente, na Receita ou em uma unidade da rede conveniada.

– Pela internet

1. Acessar o site www.gov.br/receitafederal.
2. Preencher um formulário eletrônico, informando os dados e enviando os documentos solicitados. Os documentos exigidos são: documento de identificação dos pais ou responsável legal; foto do rosto deste responsável segurando o documento, aberto, ou duas fotos no caso de documento plastificado; Certidão de Nascimento ou RG da criança e comprovante de endereço ou declaração de endereço.
3. Acompanhar o processo de maneira on-line até a validação das informações e divulgação do número do CPF.
Quem faz o processo de solicitação do CPF pelo site não precisa pagar nenhuma taxa, ou seja, o documento não tem custo.

– Pessoalmente

Diretamente na Receita Federal
1. Agendar horário pelo site da Receita, no link bit.ly/AgendarHorarioReceitaFederal.
2. Um representante legal (mãe, pai ou responsável) deve ir até a Receita Federal (rua Prefeito Helmuth Fallgatter, 221, Boa Vista) no dia e horário agendado com as informações da senha (impressas, anotadas ou no aplicativo).
3. Apresentar os documentos exigidos: documento de identificação dos pais ou responsável legal, Certidão de Nascimento ou RG da criança e comprovante de endereço ou declaração de endereço. Os documentos devem ser originais ou cópias autenticadas.
4. O número do documento é fornecido na hora e não precisa pagar nenhuma taxa, ou seja, o documento não tem custo.

Utilizando a rede conveniada
1. O responsável legal deve ir a uma unidade da rede conveniada, que inclui cartório de Registro Civil, agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Correios.
2. Apresentar os documentos exigidos: documento de identificação dos pais ou responsável legal, Certidão de Nascimento ou RG da criança e comprovante de endereço ou declaração de endereço. Os documentos devem ser originais ou cópias autenticadas.
3. Pagar uma taxa de R$ 7.
4. O número do documento é fornecido na hora.

Em todas as situações, é fornecido um protocolo para que o usuário acompanhe a liberação do cartão com o número do CPF (comprovante de inscrição) em formato digital ou para impressão em PDF. O antigo cartão azul não é mais emitido. Os comprovantes de inscrição impressos e o CPF digital têm o mesmo valor jurídico.

 

Aconteceu em Joinville no Tik Tok – Clique Aqui 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Block