Quinta, 23/09/2021
Joinville - SC

Tributo a Joinville 170 anos: By Carlos Alberto Hang

março 9, 2021
Tributo a Joinville 170 anos: By Carlos Alberto Hang
Compartilhar
Ouvir publicação

TRIBUTO A JOINVILLE PELOS SEUS 170 ANOS !!!

SALVE 9 DE MARÇO DE 2021 !!!

URGENTE: foi encontrado o PRÍNCIPE DE JOINVILLE, então vamos transformar Joinville numa monarquia e assumir o trono para ver se damos um jeito na terceira maior cidade do Sul do Brasil, pois não anda nada fácil nas mãos de nossos gestores… mas, falando sério, sempre sonhava em ser um príncipe desde bem pequeno, mas rei não queria ser, pois tinha a ideia de rei como alguém velho demais, mal humorado, brabo e gordo… ??? JOINVILLE 170 ANOS, NOSSO ORGULHO !!! (foto: Amanda Leticia Hang Venturi)

NOSSA JOINVILLE. Eis um belo Véu de Noiva na famosa cachoeira Piraí localizada onde foi construída a primeira usina hidrelétrica de Santa Catarina, fundada em 1908, no Bairro Vila Nova, que é uma das atrações turísticas da área rural de nossa bela Joinville, terceira maior cidade do Sul do Brasil.

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Rua das Palmeiras é o símbolo mais forte de Joinville para mim, pois mesmo tudo se modernizando ao seu redor, ela está lá para nos lembrar que temos um passado pelo qual precisamos nos sentir gratos. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. A Estação Ferroviária de Joinville promove o imaginário sobre um passado tão distante, mas que se torna atemporal em nossa memória ao convivermos com sua estrutura. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Este esta sendo o palco do maior festival de dança do mundo, mas não é o palco dele. A promessa de um teatro e uma escola Bolshoi de fato, precisam sair da maquete e projetos já apresentados, e chegarem na realidade prática. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Esta é uma das minhas fotos que fotografei na vida que mais me emociona. É belíssima, tendo sido veiculada no Jornal A Notícia e a fiz de uma ponte perto do Golfe Clube. Dá para acreditar que eu produzi esta imagem na terceira maior cidade do Sul do Brasil, com toda sua urbanidade num Domingo, dia 08 de fevereiro e 2015? Que paz e que equilíbrio nos proporciona ao visualizamos esta beleza natural… Uma verdadeira obra prima assinada por DEUS. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Hoje faz 4 anos que fiz esta foto, em 29 de janeiro de 2016. Vista a Porta do Mar da Baía da Babitonga. Este lugar nos preenche de paz e gratidão. Como vereador eu tinha um projeto ousado para esta área que gostaria de apresentar. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Hoje faz 4 anos que fiz esta foto, em 29 de janeiro de 2016. Vista da Porta do Mar da Baía da Babitonga. Este é um dos lugares que mais gosto de nossa cidade. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Hoje faz 4 anos que fiz esta foto, em 29 de janeiro de 2016, na Baía da Babitonga, em Joinville. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Hoje faz 4 anos que fiz esta foto da beleza confortante do Parque da Expoville, em Joinville. (Foto: Carlos Alberto Hang/jan2016)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Não tem o que fazer nestas férias, está com dinheiro limitado e estressado? Uma ótima opção e remédio calmante naturalíssimo: Parque da Expoville, em Joinville. (Foto: Carlos Alberto Hang/jan2016)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Pegue o carro ou ônibus e leve sua família até o Bairro Espinheiros para apreciarem a Baia da Babitonga, e um pouco antes temos o manguezal, que é belíssimo. (Foto: Carlos Alberto Hang/2016)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Este ano fez 4 anos que fiz esta foto, em 29 de janeiro de 2016. Baía da Babitonga e seu charme. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. ISSO TAMBÉM É JOINVILLE, onde o hoje e o ontem estão de mãos dadas em harmonia e contradizem a ampulheta dos anos, permanecendo tudo ali, renovado timidamente e sem máscaras e sem pressa, onde os olhos daqueles que viram outrora, e de quem vê agora, comungam do mesmo quadro, sobrevivente a um mundo enlouquecido que opera bem ao seu lado, mas sem se contaminar… (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Quantas vezes na vida ouvimos a brincadeira de que, quando alguém vem para o Sul e pergunta como chegar em Joinville é dito que, na primeira chuvarada, vire a esquerda. Mas temos orgulho até mesmo do nosso tempo chuvoso, embora que não anda tendo tanto como já fora décadas atrás. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. A criatividade e inspiração destes verdadeiros artistas urbanos é ímpar. Jesus ensinando aos super heróis como salvar o mundo é de uma perspectiva intelectual e filosófica de poucos. Pena que não deu para saber o nome do artista, caso alguém saiba, favor nomeá-lo para os devidos créditos, pois merece. Fica na praça da Biblioteca Pública de Joinville. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Esta é uma das obras urbanas que considero mais intensas que já presenciei… por favor Prefeitura Municipal de Joinville e Comunidade, vamos apoiar com amplo projeto este tipo de arte para deixar nossa cidade mais humana de fato… mas tem que ser muito bem peneirado a escolha dos artistas, precisa ser aqueles que têm uma Alma de artista de fato !!! A ideia de ter colocado os super heróis na terceira idade, foi incrível. Fica na praça da Biblioteca Pública de Joinville. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Este é uma dos locais que mais aprecio na terceira maior cidade do Sul do Brasil, em pleno centro da cidade, contrastando com a urbanidade. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Esta obra, que fica na praça da Biblioteca Pública, é belíssima, tem Alma, tem vida, tem movimento… uma iluminação especial sobre ela faria toda a diferença nos passeios noturnos neste local. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. FRITZ ALT, orgulho de todos nós, joinvilenses !!! (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. KONDE MODESTO LEAL: esta escola católica foi onde estudei do pré ao quarto ano (quinto hoje), da qual tinha muito orgulho em ser estudante e ter como exemplo de vida as freiras e professoras que lá trabalhavam, principalmente as minhas professoras: Dona Maria José do primeiro ano que me ensinou a ler e a escrever usando a cartilha Caminho Suave (hoje segundo ano), Irmã Edolvina do meu segundo ano (hoje terceiro), Irmã Heloísa do meu terceiro ano (hoje quarto ano) e Dona Zaine do meu quarto ano (hoje quinto ano). QUE DEUS ÀS TENHA COM ELE !!! Educação infantil e fundamental precisam de mais atenção e investimentos financeiros do que em universidades diante da importância destes anos para a formação integral das crianças e jovens. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Este é o Santuário Sagrado Coração de Jesus, no qual fui batizado, fiz primeira comunhão e fui crismado. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Santuário Sagrado Coração de Jesus, onde fui batizado, fiz primeira comunhão e crismado. Esta imagem de Jesus orando e tendo sua imagem voltada para a Igreja, como se estivesse olhando para ela, é bem representativa. (FOTO: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Esta é a capela do Santuário Sagrado Coração de Jesus, no qual fui batizado, fiz primeira comunhão e fui crismado. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Orgulho de ser joinvilense nato !!! Zoobotânico, onde se ouve risadas altas de muitas crianças brincando no parque e na grama, pessoas circulando e namorando, produzindo vídeos para a escola, descansando. Precisamos de mais e maiores locais assim na terceira maior cidade do Sul do país para além de promessas de palanques eleitoreiros. (foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Casa Kruger, no Distrito de Pirabeiraba, em Joinville. Já fotografei um modelo e um candidato do BBB neste local. Orgulho de ser joinvilense nato !!! (foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Isto também é Joinville. Orgulho de ser joinvilense nato !!! (foto: Carlos Alberto Hang em 27/10/2014)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Distrito de Pirabeiraba, Rio da Prata, Joinville. Esta paisagem fica nos fundos da Pastelaria Rio da Prata, que não sei se adoro mais os pastéis deles ou a paisagem do local… ??(foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Orgulho de ser joinvilense nato !!! Em pleno centro urbano da terceira maior cidade do Sul do Brasil comungamos com tamanha beleza natural ao caminho do Mirante. Percebam a riqueza de cores na imagem, como o azul nas pedras até o brilho das águas caindo. (foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Babitonga: isto também é Joinville. Orgulho de ser joinvilense nato !!! (foto: Carlos Alberto Hang em 27/10/2014)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Isto também é Joinville. Orgulho de ser joinvilense nato !!! (foto: Carlos Alberto Hang em 27/10/2014)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Esta imagem eu fotografei em Pirabeiraba (distrito de Joinville)… cena nostálgica de nossa cidade que ainda respira em vida… “A beleza das coisas existe no espírito de quem as contempla” afirmava David Hume. (Foto: Carlos Alberto Hang/2014)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Esta é nostálgica igreja luterana do Piraí, no Bairro Vila Nova. O detalhe das cortinas em todas as janelas desta igreja dão um ar de cuidado, carinho e dedicação dos seis frequentadores. Em contrapartida, o questionamento que fica é: será que a prefeitura de Joinville não tem o minimo do bom senso, e do mesmo cuidar com a cidade, para tirar este poste e fio pendurado bem na frente da Igreja, e ainda não tem a capacidade de infraestrutura de asfaltar a rua que passa em frente e em direção aos rios do Piraí, movimentadíssimos pelo povo que vai se banhar e se entreter? (Foto: Carlos Alberto Hang, em 16fev2020, Domingo)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Só vale a crítica daquele que a faz preocupado com o desenvolvimento da cidade… quem ama, quer ver cada dia melhor, que é o seu objeto de amor… nossas críticas sobre Joinville devem ser como uma declaração de amor. Estamos de olhos bem abertos com o que andam fazendo com a terceira maior cidade do Sul do Brasil e a resposta virá nas urnas em 2020. (FOTO: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Fiz esta imagem no Bairro Vila Nova, mas infelizmente já estão construindo neste terreno, que daria uma excelente área de lazer e recreação e com pouco investimento necessário para tal. (Foto: Carlos Alberto Hang/2016)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. CÉU DE JOINVILLE no início de noite de uma quarta-feira, 11/02/2015. Não se animem muito com estas cores das nuvens, que não poucas das vezes, se trata do nível de poluição do local. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Nasci na cidade certa e adoro chuva, mas não creio que possa mais ser considerada a cidade da chuva como fora décadas atrás. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Fotografei algumas rosas que plantei no nosso jardim em 2014. Joinville precisa fazer jus ao título de Cidade das Flores, começando com os cuidados de nossos jardins. Dedico esta rosa de beleza intensa a todas as misses que elegi enquanto coordenador reg. do Concurso Miss Santa Catarina Oficial que fui por mais de 10 anos. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES: MINHAS ROSAS QUE PLANTEI. Fotografei algumas rosas que plantei no nosso jardim em 2014. Joinville precisa fazer jus ao título de Cidade das Flores, começando com os cuidados de nossos jardins. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES: MINHAS ROSAS QUE PLANTEI. Fotografei algumas rosas que plantei no nosso jardim em 2014. Joinville precisa fazer jus ao título de Cidade das Flores, começando com os cuidados de nossos jardins. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES: MINHAS ROSAS QUE PLANTEI. Fotografei algumas rosas que plantei no nosso jardim em 2014. Joinville precisa fazer jus ao título de Cidade das Flores, começando com os cuidados de nossos jardins. (Foto: Carlos Alberto Hang)

JARDINS. Assim como existe abatimento da taxa de IPTU para quem tem calçada, Joinville deveria também dar desconto para quem tem um jardim, até mesmo oferecendo mudas de plantas para as famílias de baixa renda, assim como cursos abertos ao público e gratuitos de jardinagem básica… principalmente por Joinville querer sustentar o título de CIDADE DAS FLORES (que para mim não é faz anos, pois vemos mais jardins públicos em Balneário Camboriú e Blumenau, do que aqui)… a jardinagem é uma boa terapia para as pessoas e deixa a cidade mais bonita e alegre… precisa-se criar a cultura de cuidados com jardins, herança da colonização europeia que tem sido esquecida nos lares joinvilenses em geral… como vereador eu também tinha projetos a apresenta para a prefeitura a esse respeito para nossa bela cidade ficar mais bonita e agradável ainda para todos.

JOINVILLE ATRAVÉS DE MINHAS LENTES. Nossa cidade não fica fora do movimento político atual, e principalmente a Praça da Bandeira tem sido palco das maiores movimentações a favor da democracia e símbolo de luta por um país mais decente para todos. (Foto: Carlos Alberto Hang)

CONCURSO MISS JOINVILLE. Eu com as minhas misses e o apresentador Ezequiel Neundorf, na TV Brasil Esperança, emissora com a qual promovi esta edição do concurso oficial de Miss Joinville, sendo eleita pelo voto do público, o que foi muito interessante !!!

infelizmente não achei foto de todas as misses que foram coroadas enquanto fui coordenador regional do concurso oficial de Miss Santa Catarina. Mas fica aqui registrado minha honra em ter sido ponte para que recebessem a faixa de representante da beleza feminina da terceira maior cidade do sul do Brasil, e ainda registro aqui sempre os meus desejos de muito mais sucesso em suas vidas, lembrando-as que uma vez Miss, Miss para sempre. Esta imagem foi feita no café colonial que promovi na então confeitaria São José, como evento de confraternização entre as misses que elegi e amigos da imprensa e convidados VIPs da sociedade. Este evento teve como madrinhas Judite Cardoso (Doceria São José) e a empresária Adriana Evaristo. Foi um dia inesquecível. (FOTO: Sheila Gastardi)

Continuando a postar algumas das minhas misses e modelos enquanto eu era coordenador do concurso oficial de Miss SC e dono da agência Hang Casting Models, agora veiculo uma das pessoas que mais marcaram a minha vida, sendo amiga, inteligentíssima, querida e elegante. Trata-se de Priscila Buse, que além de ter sido modelo de minha agência, foi eleita a Miss Joinville 2008, entre outros concursos que venceu. Nesta imagem estou desfilando com Priscila na Sociedade Harmonia Lyra num desfile beneficente promovido pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Joinville.

JOINVILLE. Eis um dos motivos que me faz dizer com orgulho que O SUL É O MEU PAÍS E QUE MINHA CAPITAL É JOINVILLE !!! Nossa região é realmente incrível… esta é a Igreja localizada na bela região do Rio do Júlio, da terceira maior cidade do Sul do Brasil, na JOINVILLE QUE AMAMOS !!! (não encontrei os créditos do vídeo, infelizmente)

Não podemos comemorar o aniversário de JOINVILLE e deixarmos o nosso JEC esquecido, pois representa nossa cidade até pelo nome do time. Nosso JEC completou no dia 29 de janeiro, 45 anos de existência, e temos muito o que comemorar com sua história, principalmente seus torcedores, pois sempre esteve no coração de cada um em todo e qualquer momento. Temos orgulho por levar o nome de nossa cidade, A TERCEIRA MAIOR CIDADE DO SUL DO BRASIL. PARABÉNS JECCCCCCCCC !!! (Foto: Sheila Gastardi)

EMOCIONANTE ADORO ESTE VÍDEO, pois além da nossa JOINVILLE em sua essência primeira, as músicas são as que mais marcaram minha infância… quando eu era criança, minha mãe, enquanto cozinhava, ouvia a Rádio Cultura AM que então tocava estas músicas… “Namorada da Cidade” é a música mais marcante para mim… o Hino de Joinville é um dos mais bonitos de se ouvir… basta fecharmos os olhos e ouvirmos o som que a nossa mente nos remete para o passado e nos faz senti-lo como se fosse presente através da poderosa memória afetiva. Sou apaixonado por Joinville desde e para sempre !!! (Créditos do vídeo: Mário Duarte Junior)

ISSO TAMBÉM É JOINVILLE e é sobre toda a beleza QUE AINDA TEMOS NA CIDADE que precisamos aproveitar a oportunidade que as ELEIÇÕES 2020 nos dará de RENOVARMOS COMPLETAMENTO O QUADRO POLÍTICO DA CIDADE, pois se trata da TERCEIRA MAIOR CIDADE DO SUL DO BRASIL mas que continua sendo tratada como PROVÍNCIA por décadas. Sejamos mais responsáveis diante do ato democrático do voto, CHEGA DE BRINCARMOS COM COISA SÉRIA PARA NÓS E PARA AS PRÓXIMAS GERAÇÕES.  (Foto: Carlos Alberto Hang)

HINO DE JOINVILLE é um dos mais bonitos que existem… nas escolas sempre trabalhava a letra com os alunos e a grande maioria deles cantava com muito orgulho de nossa cidade, assim como acontece quando cantamos o hino de nosso JEC, sendo símbolos vivos do que amamos. (Créditos do vídeo: Roger Antoni Radtke)

JOINVILLE. O POTENCIAL DE CONSUMO da nossa cidade chegou em 1º lugar no estado e no invejável 23º lugar no Ranking nacional. Como eu dizia na minha campanha política televisiva de 2016: “Joinville é a terceira maior cidade do Sul do Brasil mas continua sendo tratada como província por nossos governantes”. Vale destacar que JOINVILLE é um polo industrial e tecnológico de destaque no cenário nacional, promovedora de 10% do PIB de SC, CONSIDERADA A MELHOR CIDADE DE MÉDIO PORTE DA AMÉRICA LATINA EM ESTRATÉGIAS PARA ATRAÇÃO DE INVESTIMENTOS (Financial Times 2017) e é a 5ª MELHOR CIDADE PARA EMPREENDER NO BRASIL (Endeavor, 2017). Tudo isso não tem praticamente nada a ver diretamente com as últimas gestões públicas que tivemos, mas por ter a cidade uma natural tendência a ser grande, seja pela localização geográfica, seja pela sua história formativa e pelo seu povo trabalhador. Mas quem vive em Joinville não consegue compreender como ela pode estar tão abandonada e desprovida de grandes obras, mesmo diante do que ela já é, sem contar pelo que virá a ser. QUE JOINVILLE É UMA DAS MELHORES CIDADES PARA SE MORAR, ISSO BEM SE SABE, mas proporcionalmente a este potencial é nossa indignação do quanto temos tido uma gestão pública pior do que a anterior por décadas, além da falta de representatividade política e poder interrrelacional. A imagem que escolhi é do meu bairro, representando todos os demais, tão importantes quanto !!!

Ultimamente estamos num mix de sentimentos: de um lado está o orgulho da cidade que temos e doutro desesperados por estarmos presenciando um descaso político generalizado sobre ela, com muitas falas e promessas e projetos, mas pouquíssimas ações concretas de melhoras, e muito menos de vermos algo realmente inovador na cidade, isso por várias gestões. Então TEREMOS QUE COMEMORAR O PASSADO E LAMENTAR O PRESENTE DE NOSSA CIDADE NESTA FESTIVIDADE NATALÍCIA? ALGUÉM AVISA ESTES GESTORES QUE JOINVILLE JÁ DEIXOU DE SER PROVÍNCIA FAZ MUITAS DÉCADAS PARA SER TRATADA COMO TAL. (VÍDEO: Joinville – Santa Catarina – Brasil by One World Productions – Canadá) https://www.youtube.com/user/oneworldvideo

JOINVILLE, a terceira maior cidade do Sul do Brasil, parece tão pequena vista do alto, e o nosso litoral tão unido… tudo é uma questão de perspectiva, de pontos de vista, de graus de comparação… Nesta vista aérea, além de Joinville, vemos a segunda cidade mais antiga (fundação, embora que seja um dado confuso para historiadores até agora) do país, São Francisco do Sul, fundada em 1504.

Neste vídeo vemos o tradicional SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS, ludar onde fui batizado, fiz a primeira comunhão e a crisma… quando eu era bem criança adorava ficar desenhando em casa esta Igreja. Ficava esperando minha mãe sair da Missa das 17h, enquanto isso eu conversava com um pipoqueiro na esquina… geralmente esta missa era rezada pelo Padre Érico, que sempre me dava santinhos que para mim eram preciosos. ISSO TAMBÉM É JOINVILLE !!! (Créditos do vídeo: Unica Foto Film)

Que nossa cidade foi construída sobre um manguezal, a maioria de nós já sabe… o centro da cidade era para ter sido no Bairro Vila Nova, mas resolveram povoar ao redor do rio Cachoeira. Além de um crescimento urbano desordenado, nunca tivemos um governo comprometido com um planejamento sobre o futuro da cidade de fato. Somado a tudo isso, temos a destruição da mata e a falta de consciência da população quanto ao lixo que promovem e jogam em rios, córregos, terrenos baldios, etc. Mas ainda temos décadas de gestões públicas relapsas e repletas de desculpismos. A atual gestão também se mostra inoperante, continuando o ciclo “banho maria” de cuidados com a cidade, que é a terceira maior do Sul do país, ajudando a acumular mais problemas. Joinville deixou de ser uma província faz muito tempo, e não pode mais ser vista como tal pelos nossos governantes.

Precisamos voltar a ter a FORÇA, o ÂNIMO e a FÉ em dias melhores que tiveram os nossos IMIGRANTES, para que possamos reconstruir nossa cidade, a terceira maior do Sul do Brasil. Feito nossos imigrantes, não nos preocuparmos tanto com a colheita, mas com um plantio bem feito para que as próximas gerações possam colher, e colher em abundância. JOINVILLE NÃO PODE MAIS SER TRATADA COMO UMA PROVÍNCIA, mas com todo esforço e dignidade que lhe confere enquanto potencial que é e tem em prosperar e ser um lar doce lar de todos nós joinvilenses. Sejamos sempre cautelosos e responsáveis na hora de votar e, mais do que votarmos. A HORA DE SERMOS TODOS JOINVILLE !!! POR UMA JOINVILLE MAIS HUMANA !!!

Logo as festas de outubro já nos baterão à porta, então vamos nos aquecendo para as festanças de Santa Catarina com a Banda UHUL! e a música Bierville Musik. ???????? Esta é a Santa Catarina que eu quero… muita festa e alegria para todos ???? ADORO ESTE CLIPE,,, esta é uma parte de nossa JOINVILLE que não podemos perder… ??????

Esta é uma belíssima foto clicada pelo fotógrafo Rogério Silva (SECOM) de nossa amada cidade. Queremos o melhor para a terceira maior cidade do Sul do Brasil, ficando atrás somente de Porto Alegre e de Curitiba, além de maior arrecadadora de impostos de Santa Catarina. Sendo assim, queremos ser tratados de acordo. JOINVILLE NÃO É MAIS UMA PROVÍNCIA como fora outrora mas tem sido tratada até então como tal pelas atuais e anteriores gestões públicas das esferas municipal, estadual e federal. O joinvilense merece o melhor e ser respeitado como trabalhador que é em essência. Queremos saúde, cultura, educação, segurança pública, lazer, mobilidade urbana adequada, planejamento estrutural e tudo o mais mais de acordo com o potencial de nossa cidade. Onde estão as vias rápidas, os teatros, os parques de verdade, os viadutos, as passarelas, a revitalização do centro histórico, a escola Bolshoi com sede própria, um teatro adequado para receber o número de pessoas e ao nível dos espetáculos do Festival de Dança, o tratamento de esgoto sanitário, a pavimentação e manutenção das ruas centrais e periféricas, os espaços de lazer decentes em todos os bairros, a resolução da problemática da linha férrea no perímetro urbano, criação de vias gastronômicas que mereçam este nome, a ampliação da Arena, as pontes prometidas e etc??? Joinville vive num grande “banho maria” por décadas e mesmo assim tem sido uma das cidade que mais ofereceu empregos no país e etc de destaque nacional. Então imagina se ela fosse gerida com comprometimento e competência de fato por nossos gestores? Não é culpa somente da atual gestão, mas de décadas de gestões fracas e sem representatividade política adequada e com pensamento provinciano maquiado de modernidade. Ninguém pode negar que eu tentei fazer minha parte para além de promover críticas ao me oferecer como candidato a vereador em 2016, mesmo que eu não sei como seria em atuação, mas meu projeto político sempre foi de fazer a diferença… mas CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE e ficamos a lamentar por nossa cidade que dorme um sono profundo mesmo sendo uma gigante como poucos destes 5570 municípios brasileiros que formam nossa rica e maltratada nação.

Creio que principalmente quem nasceu nesta cidade sabe o quanto ela significa, embora que aqueles que à adotaram como sua percebam a cidade como chão amado e que nem ousam pensar em abandoná-la. Temo ainda pelo crescimento desordenado. Acredito que, mesmo sendo a terceira maior cidade do Sul do Brasil (depois de Curitiba e Porto Alegre), deveria crescer enquanto cultura, entretenimento, universidades num sentido mais amplo e mais diversificado leque de cursos, áreas de lazer realmente dignas de terem este nome, saneamento básico em 100%, participação mais ativa da população na gestão municipal e ampliação das políticas públicas para amenizar as desigualdades sociais que crescem na cidade como característica dos grandes centros urbanos. Joinville, embora leve o título de Cidade dos Príncipes mesmo não tendo nunca um aqui morado, tem seus príncipes e princesas morando sobre seu solo; embora tenha a alcunha de Cidade das Flores, precisa aprender a arte de cultivar e ornar seus jardins e vias públicas com flores; mesmo tendo o título de Cidade das Bicicletas, precisa ampliar as ciclovias e incentivar e conscientizar as pessoas a usarem este meio de transporte saudável e não poluente como ocorre na Alemanha naturalmente; ainda que tenha o título de Manchester Catarinense, precisa incentivar a vinda de grandes empresas e a permanência das que aqui se encontram e incentivar o povo a comprar no comércio local; embora tenha ainda o título de Cidade da Dança, precisa levar esta cultura para além do mês de julho, além de aprimorar o esporte em todo estilo e ter maiores cuidados com os serviços da saúde física e mental para a população. Se o Sul é o meu país, Joinville é a minha Capital. JOINVILLE TEM QUE TER COMO META SER UMA CIDADE MODELO PARA O BRASIL!!!

Não poucas das vezes, ao assistir vídeos de Joinville, que chego a chorar emocionado e ESTA PAIXÃO QUE SINTO PELA MINHA CIDADE É PROPORCIONAL A MINHA REVOLTA EM VER O DESCASO DOS GOVERNOS SOBRE ELA. Como eu dizia na minha campanha política televisiva para vereador: “Joinville é a terceira maior cidade do Sul do Brasil, mas continua sendo tratada como província por nossos governantes”. Vale destacar que JOINVILLE é um polo industrial e tecnológico de destaque no cenário nacional, promovedora de 10% do PIB de SC, CONSIDERADA A MELHOR CIDADE DE MÉDIO PORTE DA AMÉRICA LATINA EM ESTRATÉGIAS PARA ATRAÇÃO DE INVESTIMENTOS (Financial Times 2017) e é a 5ª MELHOR CIDADE PARA EMPREENDER NO BRASIL (Endeavor, 2017). Tudo isso não tem praticamente nada a ver com as últimas gestões públicas que tivemos, mas sim por ter a cidade uma natural tendência a ser grande, seja pela localização geográfica, seja pelo povo trabalhador. Mas quem vive em Joinville não consegue compreender como ela pode estar tão abandonada e desprovida de grandes obras, mesmo diante do que ela já é, sem contar pelo que virá a ser. Meditemos a respeito e que chegue a hora de votar nas Eleições 2020 logo, para que escolhamos bem os nossos representantes. Não tenho certeza se irei concorrer (a princípio penso em não), mas existem pessoas muito melhores que eu sempre concorrendo, basta o eleitor ser mais responsável diante do seu voto, escolhendo bem e conscientemente !!! Assista ao vídeo JOINVILLE DO ALTO, produzido pela NSC TV e procure a série completa desta superprodução, e verá que te fortalecerá em EXIGIR que JOINVILLE TODA (iniciando fortemente nos bairros primeiramente) receba tratamento digno. Este vídeo é apenas um teaser, então convido-os a assistirem a série completa pelo Youtube, que é maravilhosa. JOINVILLE EU TE AMO E NUNCA DESISTIREI DE LUTAR POR TI !!!

AMANDOS SELL é um dos poucos artistas plásticos que realmente retrata a essência de Joinville em suas obras, e que tem o poder de ser reconhecido em qualquer tela que se encontre devido ao seu estilo peculiar de pintar. Tenho excelentes lembranças de quando eu era adolescente ainda, e íamos com amigos até a casa deste artista, na Estrada da Ilha, e ele nos oferecia os bolos incríveis que ele mesmo fazia. Também penso que poderiam fazer um bom projeto sobre este artista nas escolas municipais. Bom, eu tinha algumas ideias a respeito disso no meu plano de atuação como vereador. Precisamos não apenas reconhecer, mas também valorizar e apoiar quem faz a diferença em todos os segmentos de nossa sociedade. Afinal, “Temos a arte para não morrer da verdade”, como dizia meu amado filósofo alemão Friedrich Nietzsche.

JOINVILLE NÃO É MAIS UMA PROVÍNCIA FAZ TEMPO, portanto não tratem a terceira maior cidade do Sul do Brasil provincianamente. Queremos grandes obras, largas avenidas, hospitais referência, universidades de fato com cursos novos (principalmente mais humanas e de engenharias), parques de verdade, teatro (que praticamente não temos de fato um como tal), viadutos e o que for para melhorar a mobilidade urbana, ruas pavimentadas não somente em ano eleitoral, mais saneamento básico, obras dignas de verdade de atrair turistas… CHEGA DE TRATAR NOSSA CIDADE COM MIGALHAS… precisamos de políticos que façam política pela cidade e não para partidos ou interesses próprios… PRECISAMOS DE SANGUE NOVO NA VEIA DA POLÍTICA JOINVILENSE e somente o eleitor pode injetar isso pelas urnas!!!

CIDADE DAS BICICLETAS. Foi a partir de uma reportagem de 1972, do Jornal “O Globo”, que Joinville ganhou pela primeira vez destaque como CIDADE DAS BICICLETAS diante de um artigo que dizia que acreditava-se ser devido ao exercício de pedalar que nossa cidade tinha o menor índice de enfarto na época. Conforme o Arquivo Histórico, em 1987 Joinville tinha apenas 350 mil habitantes, mas o número de bicicletas era já de 100 mil. Vale destacar que Joinville tem o único “Museu da Bicicleta” da América Latina. No meu plano como vereador, em 2016, tinha alguns projetos de incentivo ao uso da bicicleta que infelizmente as gestões pensam estar fadada a ter ciclovias somente, e ainda acham que fizeram muito. É NOSSA JOINVILLE QUE COMPLETA 170 ANOS NESTE DIA 9 DE MARÇO !!! VIVAAAAAAAAAAA A CIDADE DAS BICICLETAS !!! ??????

Já que Joinville tem o título também de CIDADE DAS BICICLETAS, vamos conhecer um pouco da EVOLUÇÃO DA BICICLETA: 300 anos em um minuto: a história da evolução da bicicleta, desde a base de madeira até as mais modernas para corrida, foi contada em uma animação de Thallis Vestergaard. Assista ao vídeo e acompanhe cada passo do mesmo pelo texto abaixo.

00:05 – 00:12
1790 – Um francês chamado Comte Mede de Sivrac é tido como o primeiro a anexar duas rodas em cada extremidade de um pedaço de madeira. A criação foi chamada de “Velocifere” ou “Celerifere”
1817 – O alemão Karl Drais von Sauerbronn construiu a primeira bicicleta dirigível, a “Draisine”. O modelo, no entanto, não é mostrado nesta animação.

00:23 – 00:25
1818 – Na Inglaterra, Denis Johnson melhorou a draisine, criando o “Dandy Horse” mais leve e com rodas maiores.

0:30 – 0:32
1839 – Acredita-se ser o escocês Kirkpatrick MacMillan o inventor da primeira bicicleta movida a pedal, inspirado pela locomotiva.

00:34 – 00:36
1866 – O velocípede de Pierre Lallement, conhecido como “The Boneshaker”, é uma das primeiras bicicletas com pedais conectados à roda dianteira. Seu companheiro Pierre Michau inventou um modelo semelhante, praticamente ao mesmo tempo. Desse modo, não está claro quem realmente foi o primeiro a colocar pedais em uma roda, embora seja quase certo que isso tenha ocorrido na França.

00:38 – 00:39
1869 – O francês Eugene Meyer tem o crédito por inventar a primeira bicicleta de roda alta, a famosa “Penny-Farthing”. O inglês James Starley fez diversas melhorias no modelo e, em 1870, criou a “Ariel”.

00:43 – 00:44
1880-85 – G. W. Pressey criou a “American Star”, seguida pelo modelo “Pony Star Bicycle”, de William S. Kelley.

00:46 – 00:47
1879 – A bicicleta de Harry J. Lawson foi uma das primeiras a contar com um sistema de corrente.

00:49 – 00:50
1891 – Modelo criado por W. Scantlebury.

00:51 – 00:52
1885 – J.K. Starley criou a “Rover Safety Bicycle”.
1890 – Charles D Rice patenteou a versão moderna da bicicleta.

(Fonte: Somente coisas legais)

Enquanto isso, em 1928… BICICLO é um tipo de velocípede inventado pelo pai da indústria da bicicleta, James Starley, durante a segunda metade do século XIX . Neste vídeo, de 1928, vemos C. J. Bowtle na Challenge Cup em Londres.

PIRAÍ, no Bairro Vila Nova, é um dos lugares mais belos de nossa cidade e ponto turístico e de entretenimento para os joinvilenses, principalmente no verão. Apenas é deveras lamentável que o poder público municipal é omisso a respeito, não promovendo estradas decentes para acesso facilitados, muito menos oferendo serviços como de alimentação e nem banheiros, tornando-se um verdadeiro descaso com o povo de nossa cidade. (Foto: Amanda Letícia Hang Venturi)

JOINVILLE DE ANTIGAMENTE faz parte de nossa Joinville de hoje…

JOINVILLE ANTIGAMENTE. Este vídeo é de 1963 e fala da cidade, e principalmente, da Fundição Tupy, onde meu pai se aposentou trabalhando no Laboratório Químico. Na época Joinville tinha somente 80 mil habitantes, praticamente menos de 15% da população atual, aliás, para mim, deveria ter parado no máximo com 500 mil. COMO NÃO SENTIR ORGULHO DESTA QUE É A TERCEIRA MAIOR CIDADE DO SUL DO BRASIL?

Um pouco de história Centenário de Joinville… NOSSA JOINVILLE QUE AMAMOS !!! Quero ainda dizer MUITO OBRIGADO A TODOS OS IMIGRANTES DE ONTEM E DE HOJE, que juntos fazemos a JOINVILLE que amamos… 170 anos de uma linda paixão !!!

Vivemos na terceira maior e mais rica cidade do Sul do Brasil e que mais empregos ofereceu mesmo num país em crise, tendo assim muito que comemorarmos, mas muito mais de lamentarmos e questionarmos os motivos de termos tido uma gestão pública municipal pior que a outra, uma mais fraca que a obra, simplesmente deteriorando nossa cidade e não tendo capacidade e vontade politica de oferecer à mesma obras de acordo com o potencial de nossa cidade. Onde estão as vias rápidas, as grandes avenidas, os grandes parques, os grandes museus, teatro adequado, saúde pública decente, mais esgoto sanitário, jardins públicos e privados para fazermos jus ao título de Cidade das Flores, ciclovias para fazermos jus ao título de Cidade das Bicicletas, incentivo para chegada de novas indústrias para fazermos jus ao título de Manchester Catarinense, local adequado para o Festival de Dança para fazermos jus ao título de Cidade da Dança, uma festa do chopp que faça jus a cidade típica alemã que temos? Mas o que temos são ruas repletas de buracos, asfalto mal feito e de péssima qualidade, filas de mais de quatro mil para atendimento médico especializado só em urologista, falta de remédios, mobilidade urbana caótica, 31,5% na cidade tem esgoto sanitário somente, nenhuma grande obra sendo feita que venha do município de fato, uma passagem de transporte público das mais caras do país, etc… Como podemos estar na terceira maior cidade do Sul do Brasil e uma das principais do Brasil, e estarmos vivendo como uma província abandonada? Sabia que no Sul só estamos atrás de Porto Alegre e Curitiba em riqueza e populacional? Vivemos numa rica e linda cidade, mas administrada por gente fraca por décadas mas a percentagem de culpa maior, como acontece no Brasil, é de muitos eleitores que brincam com a arte de votar. Temos muito que comemorar sim, mais muito mais a lamentar do que fizeram e estão fazendo com nossa cidade. Por isso, como tinha já dito, NÃO CONCORRI EM 2020 novamente, mas aqui resolvi postar meu vídeo promocional como candidato a vereador em 2016, deixando claro que eu tentei fazer a minha parte e a diferença e me sinto com consciência limpa por isso (a primeira ação minha era propor que o salário do vereador baixasse para o piso do magistério municipal), e tenho certeza de que tem gente muito melhor inclusive que eu que não foi eleita, claro, sendo que poderíamos ter muito mais motivos para comemorarmos esta data. No mais, PARABÉNS JOINVILLE !!! TODOS NÓS POR JOINVILLE SEMPRE !!!

 

 

Block