Sexta, 28/01/2022
Joinville - SC

Tradicionalistas pedem apoio para a realização da Semana Farroupilha

novembro 5, 2021
Tradicionalistas pedem apoio para a realização da Semana Farroupilha
Compartilhar
Ouvir publicação

A Comissão de Economia da Câmara de Vereadores de Joinville recebeu coordenadores da Semana Farroupilha e representantes da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult) para debater formas de apoio ao evento tradicional da cultura gaúcha. Na reunião, realizada nesta semana, a Secretaria de Turismo e Cultura assegurou apoio à festividade e reservou o Centreventos Cau Hansen para ser uma das sedes da próxima edição do evento, em setembro de 2022.

Os vereadores que compõem a Comissão Economia intermediaram o encontro e provocaram os tradicionalistas presentes no plenário para que esclarecessem as demandas da organização da Semana Farroupilha. O evento da cultura gaúcha é comemorado, anualmente, de 13 e 20 de setembro.

Presidente da comissão, Diego Machado (PSDB) analisou que a Semana Farroupilha poderia ser melhor apoiada pela Prefeitura de Joinville. Já Sidney Sabel (DEM) avaliou que se a Prefeitura “não atrapalhar já está ajudando”.

Henrique Deckmann (MDB) opinou que a Semana Farroupilha não precisa de ajuda. Para o parlamentar, o evento precisa de “respeito e consideração”.

Semana Farroupilha no Cau Hansen
Para o membro do grupo tradicionalista Rompendo Fronteiras, Marcio Tomazini, ter um local mais central para receber o evento, como o Centreventos Cau Hansen, seria um “sonho”. Na opinião de Tomazini, o evento na forma itinerante e longe do centro compromete a realização. Conforme relatos dos organizadores, em geral, a Semana Farroupilha em Joinville tem os eventos restritos à área rural do município.

O secretário de Cultura e Turismo, Guilherme Gassenferth, assumiu compromisso de apoio da secretaria para o evento, mas cobrou comprometimento dos organizadores para que tragam o evento para a área central de Joinville. Segundo Guilherme, é uma medida para atingir novos públicos.

No plenário, durante a reunião, Guilherme reservou o Centreventos Cau Hansen, no período de 13 a 20 de setembro de 2022, para que o espaço possa abrigar algum evento da festa no próximo ano. O secretário ressaltou que a definição das datas a serem usadas, dentro do período, ainda poderá ser discutida.

Outras demandas
Coordenador da Semana Farroupilha em Joinville, Silvio Meyer destacou os campos do evento em que a Prefeitura poderia dar apoio, como serviço de som, shows, banheiros, premiações, palcos e lonas.

Um dos tradicionalistas presentes no plenário, Fernando Conink apontou a dificuldade financeira como um dos problemas para a realização dos eventos da Semana Farroupilha. De acordo com Conink, há custos para o preparo de refeições, na realização dos eventos de dança, nos fretamentos de participantes e nas premiações de dança e de laço.

Outro tradicionalista presente na reunião, Júnior Duarte falou que a Semana Farroupilha em Joinville precisa de ajuda e salientou que o evento não possui fins lucrativos.

Sobre essas demandas, o responsável pela Secult sugeriu a captação de recursos via Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura (Simdec).
Guilherme também acenou para a possibilidade de auxiliar a legalização de canchas de laço localizadas no município. Segundo Diego Machado, há em Joinville muitos desses espaços, destinados para a prática de laçadores, que precisam da legalização para não terem problemas com a fiscalização.

Nova reunião
Além do encaminhamento para trazer evento da Semana Farroupilha para o Centro de Joinville, a comissão propôs uma nova reunião sobre o tema para o mês de janeiro. A intenção de Diego Machado é tratar o tema de forma mais concreta. O presidente da comissão também sugeriu que a coordenação da Semana Farroupilha elabore um ofício com as demandas do evento para ser entregue para a Secult. Jornalsmo CVJ

Siga-nos no nosso Instagram para receber notícias da região direto no seu celular. Para participar, basta CLICAR AQUI 

 

Block