Terça, 24/05/2022
Joinville - SC

Suspeito de matar jovem encontrada seminua é ouvido pela polícia

abril 28, 2022
Suspeito de matar jovem encontrada seminua é ouvido pela polícia
Compartilhar
Ouvir publicação

O suspeito de estar envolvido na morte de Thayna Antônio de Araújo, de 24 anos, foi identificado pela Polícia Civil. A jovem foi encontrada seminua, já sem vida, em uma rua de Itapema. O laudo que aponta a causa do óbito também foi parcialmente finalizado.

 

Conforme informações do delegado Aden Claus, Thayna teve um edema agudo pulmonar. Porém, ainda faltam resultados de exames complementares para saber o que causou esse edema. Sabe-se, no entanto, que não houve nenhum tipo de violência, incluindo a sexual, como se suspeitava.

O corpo da jovem foi encontrado próximo a uma mata, no domingo (24). Ela apresentava sinais de sangramento no nariz e estava sem a parte de cima das roupas. Desde então, a polícia investigava o caso como possível feminicídio.

O homem de 44 anos, morador de Itajaí, que já tem passagens por tráfico de drogas, foi interrogado nesta tarde pelo delegado após se apresentar às autoridades.

 

Ele não foi preso e negou ter causado a morte de Thayna. Disse que ambos se conheciam e que ela morreu por conta de uma overdose por uso excessivo de cocaína. Ela teria usado a droga no local em que foi encontrada, ainda de acordo com a versão do suspeito. Ao ver que a vítima morreu ao passar mal, o homem decidiu sair de lá.

O inquérito continua em andamento para que Aden possa concluir se realmente foi uma overdose que matou Thayna e qual a responsabilidade do suspeito na história.

Relembre o caso

Segundo registrado em boletim de ocorrência, um motociclista passava pela Rua 802 na tarde de domingo (24), próximo a um matagal no bairro Alto São Bento, quando notou a jovem caída às margens da via. Ele chamou a ex-sogra, que era enfermeira, e a mulher constatou a ausência de sinais vitais. Ambos então acionaram a Polícia Militar.  Com informações do NSCTotal

Block