Quarta, 10/08/2022
Joinville - SC

Shakespeare e Tchaikovsky darão o tom da Noite de Gala

julho 23, 2022
Shakespeare e Tchaikovsky darão o tom da Noite de Gala
Compartilhar
Ouvir publicação

A Noite de Gala retorna à programação do Festival de Dança de Joinville para a 39º edição. No dia 24 de julho, às 19h, Marcelo Misailidis e Ana Botafogo comemorarão, no palco do Centreventos Cau Hansen, as três décadas de parceria artística. A dupla irá dirigir “ST Tragédias”, que unirá as obras consagradas “Otelo, o Mouro de Veneza” e “Romeu e Julieta”, de Shakespeare, ao som de Tchaikovsky.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!

18 bailarinos terão o desafio de dar vida ao espetáculo no palco e transmitir toda a carga emocional contida nas histórias. A grande atração da Noite de Gala tem as participações especiais confirmadas de Mayara Magri e Matthew Ball, primeiros bailarinos da Royal Opera House, de Londres, como intérpretes de Romeu e Julieta. O talento de Mayara já foi reconhecido, inclusive, no próprio palco do Festival de Dança de Joinville, em 2010, quando foi premiada como a melhor bailarina da 28ª edição do evento.Já a contribuição de Ana Botafogo será em somar com Marcelo Misailidis na direção e remontagem do projeto.

Conforme o diretor, “ST Tragédias” é um espetáculo de natureza clássica, pela temática das obras de Shakespeare, que são clássicos da literatura mundial, e pela partitura musical de Tchaikovsky, que é o principal compositor das grandes obras do repertório do balé clássico, mas não significa que a noite será totalmente clássica. “‘Othelo’ certamente terá uma influência contemporânea na estética, mesmo tendo bailarinos com formação acadêmica. É uma obra com temática muito atual, ao falar do feminicídio e do preconceito racial, um assunto ainda muito recorrente”, avalia.

Marcelo Misailidis

Marcelo Misaillidis é encenador, diretor artístico e coreógrafo, com formação superior em Licenciatura em Dança. Foi primeiro bailarino do Theatro Municipal do Rio de Janeiro; diretor artístico da Cia BTM de 2006 a 2008; e criou e dirigiu espetáculos para balé e ópera no Theatro Municipal. Marcelo tem uma longa e relevante trajetória no Festival de Dança de Joinville. Iniciou como participante, quando concorreu e conquistou premiações.

Posteriormente, atuou como convidado, ao lado de estrelas da dança como Ana Botafogo e Cecilia Kerche. Encenou o espetáculo próprio “Os Último Dias de Nijinsky”, como diretor do Ballet do Theatro Municipal; e já levou “O Lago dos Cisnes” para a abertura do Festival. Foi também o responsável pela criação da atração da Noite de Gala dos 35 anos do Festival, que homenageou o artista plástico Juarez Machado. Além disso, atuou como jurado, professor e curador artístico. Atualmente, é um dos conselheiros do Festival.

Ana Botafogo

Ana Botafogo é formada em Licenciatura em Dança, no Rio de Janeiro. Iniciou sua carreira na França, quando integrou o Ballet de Marseille, de Roland Petit. Foi Bailarina Principal do Teatro Guaíra, da Associação de Ballet do RJ e, em 1981, ingressou no Theatro Municipal do Rio de Janeiro como Primeira Bailarina, onde permanece até hoje. Já se apresentou em vários países da Europa e das Américas do Norte, Central e do Sul.

A divulgação da dança é uma preocupação constante de Ana Botafogo, que leva sua arte para todos os cantos do Brasil, assim como ministra palestras com o intuito de estimular jovens bailarinos aos encantos da profissão. Assumiu, em 2015, a Direção do Ballet do Theatro Municipal do RJ.

Serviço

• O quê: Noite de Gala com “ST Tragédias”.
• Quando: 24 de julho, às 19h.
• Onde: palco principal do Centreventos Cau Hansen (Avenida José Vieira, 315, América, Joinville).

Block