Quinta, 02/12/2021
Joinville - SC

Serpente mais venenosa do Brasil é encontrada em casa no Vale do Itajaí

outubro 30, 2021
Serpente mais venenosa do Brasil é encontrada em casa no Vale do Itajaí
Compartilhar
Ouvir publicação

Uma cobra coral-verdadeira foi capturada em Vitor Meireles, no Vale do Itajaí, na sexta-feira (29). O animal, que é venenoso, estava na garagem de uma casa quando foi encontrado. Esse o terceiro registro divulgado de aparição de uma serpente em 15 dias no Estado.

A cobra mede cerca de 45 centímetros e foi solta em um local de mata pelo Corpo de Bombeiros Voluntários. Segundo o biológo Christian Raboch, apesar de ser peçonhenta, menos de 1% dos acidentes domésticos acontecem com a espécie, já que ela não dá bote.

Conforme o especialista em serpentes, picadas ocorrem geralmente ocorrem quando as pessoas tentam manusear ou pegam o animal.

Em 16 de outubro, uma jararaca albina foi localizada em Jaraguá do Sul, no Norte catarinense. Na mesma cidade, no domingo (24), outra serpente da mesma espécie, mas de tamanho raro, foi capturada. G1.com

Animais peçonhentos foram capturados em ambientes urbanos de SC na última semana — Foto: Reprodução
Animais peçonhentos foram capturados em ambientes urbanos de SC na última semana — Foto: Reprodução

Onde ligar

  • Entre em contato com os Bombeiros (193) ou com a Polícia Ambiental da sua cidade (190);
  • em caso de acidente com serpente, entre em contato com o Samu (192), os Bombeiros (193) ou se dirija ao hospital público mais próximo;
  • dúvidas ou orientações sobre procedimentos de primeiros socorros podem ser esclarecidas com o Centro de Informação e Assistência Toxicológica de Santa Catarina (CIATox/SC), pelo telefone: 0800 643 5252.

O que fazer em caso de picada?

  • Caso seja picado por uma cobra, não se deve amarrar o local. O torniquete pode aumentar o risco de necrosar o local e resultar até em amputação;
  • não se deve cortar o local, fazer perfurações ou sucção;
  • o local da picada deve ser lavado com água e sabão;
  • a vítima deve ser levada o mais rápido possível ao hospital;
  • é importante tentar identificar a serpente (pode ser por foto, se possível) pois isso facilitará para escolha do soro antiofídico a ser aplicado.

 

Siga-nos no nosso Instagram para receber notícias da região direto no seu celular. Para participar, basta CLICAR AQUI 

Block