domingo,

14/04/2024

Joinville/SC

Search
Close this search box.

São Francisco do Sul terá incremento nos cruzeiros marítimos para a próxima temporada

O último verão marcou a reinserção de São Francisco do Sul na rota dos cruzeiros marítimos com três escalas aportando nas águas da Baía da Babitonga.

Ao todo, a cidade recebeu mais de 3600 turistas. Os dados, as avaliações e as projeções para o próximo ano foram apresentadas  pela Secretaria de Turismo em evento realizado no Terminal Turístico Naval.

“Nossos objetivos foram alcançados, com passageiros descendo e conhecendo a cidade. Estamos traçando uma nova realidade para o turismo francisquense”, ressaltou a secretária Juliana Anjos.

No último dia 10 de março, o MS Marina, maior dos três navios que visitou a cidade com pouco mais de 2 mil pessoas entre passageiros e tripulantes, marcou a última escala da temporada.

Em 2025, o navio de bandeira americana volta para a cidade para uma nova parada.

A próxima temporada contará, a princípio, com cinco escalas. A primeira delas está prevista para acontecer ainda em novembro deste ano e as demais entre janeiro e março de 2025.

Além do MS Marina, devem aportar em São Francisco do Sul o Crystal Serenity, o World Voyager e Scenic Eclipse, este último com duas escalas.

“Retomamos estas atracações em São Francisco do Sul, graças ao trabalho da Secretaria de Turismo.

Os navios de passageiros são uma paixão minha. E agora estamos empenhados em dar continuidade a este trabalho com excelência”, disse o prefeito Godofredo Gomes Moreira Filho

A característica das escalas realizadas em São Francisco conta com um diferencial. São todos navios de alto luxo e com passageiros estrangeiros. Segundo Juliana, o trabalho a partir de agora é para fortalecer o trade e o receptivo local, pensando na próxima temporada.

“Apesar da temporada ter sido um sucesso, temos todo um planejamento pela frente para melhorar.

Agora temos o foco na Festilha e logo mais teremos também a realização do Festival Gastronômico, e seguimos com as frentes de trabalho dos cruzeiros marítimos também em andamento”, finalizou Juliana.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo