domingo,

14/04/2024

Joinville/SC

Search
Close this search box.

Roberto Salum é afastado do Procon-SC após denúncia de assédio sexual

Roberto Salum foi afastado de suas funções como diretor do Procon estadual na manhã desta sexta-feira, dia 29, após uma denúncia de assédio por parte de uma servidora do órgão se tornar pública.

O incidente teria ocorrido no dia 14 deste mês, e a denúncia foi formalizada nesta quarta-feira, dia 27, na Delegacia da Mulher, em Florianópolis.

Segue a nota oficial divulgada:

“O Governador do Estado, ao tomar conhecimento de denúncia cujo conteúdo se refere à falta de decoro no exercício da função pelo Diretor Estadual do PROCON-SC, determinou o imediato afastamento do servidor e solicitou a apuração célere dos fatos. O Governo do Estado não tolera atos que violem a moral e os bons costumes”.

De acordo com informações fornecidas pela jornalista Maga Stopassoli, no boletim de ocorrência a denunciante relatou “que o diretor insistiu para que ela aceitasse uma carona até o Centro Administrativo, mas que ele desviou o percurso e ao final do trajeto ele a teria beijado à força”.

Roberto Salum, ex-policial civil e ex-deputado estadual, assumiu o cargo de diretor do Procon em fevereiro.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo