domingo,

14/04/2024

Joinville/SC

Search
Close this search box.

Quadrilha foi detida após realizar um golpe virtual de clonagem do WhatsApp de senador de Santa Catarina

O senador Esperidião Amin (PP-SC) está entre as vítimas de um grupo criminoso suspeito de clonar WhatsApp de parlamentares do Congresso para aplicar golpes virtuais.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) realizou o cumprimento de oito mandados de busca e apreensão nesta terça-feira (27) para identificar os membros da organização criminosa.

A investigação, que resultou na operação “Alto Escalão 2”, começou em junho de 2023 após denúncia feita pelos senadores petistas Humberto Costa (PE) e Paulo Paim (RS), relatando que suspeitos estavam utilizando as mesmas fotos dos perfis deles no WhatsApp para aplicar golpes.

Segundo informações da PCDF, os criminosos entravam em contato com as vítimas informando sobre a possibilidade de uma doação.

Posteriormente, solicitavam que as vítimas efetuassem depósitos bancários em nome do motorista do caminhão responsável pelo carregamento dos produtos que seriam supostamente doados na região da vítima.

Esse esquema fraudulento envolveu a criação de um perfil falso usando a foto do senador Esperidião Amin para contatar vereadores e prefeitos de Santa Catarina, oferecendo cestas básicas de ONGs associadas ao senador.

Felizmente, nenhuma das vítimas contatadas caiu no golpe e realizou o pagamento.

Além de Esperidião Amin, outros políticos também foram alvo do grupo de estelionatários, incluindo Humberto Costa e Paulo Paim, totalizando 14 políticos no total.

Os suspeitos, identificados como um homem de 26 anos e quatro mulheres com idades entre 22 e 43 anos, serão indiciados por associação criminosa, falsa identidade e estelionato.

As penas combinadas podem chegar a 9 anos de prisão.

Os investigadores destacaram que o mentor do grupo criminoso ostenta uma vida de luxo nas redes sociais, exibindo os lucros obtidos com os golpes.

Segue a lista dos políticos cujos nomes foram usados pelos criminosos nos golpes:

Senadores:

  • Humberto Costa (PT-PE)
  • Paulo Paim (PT-RS)
  • Teresa Leitão (PT-PE)
  • Ana Paula Lobato (PSB-MA)
  • Carlos Viana (Podemos-MG)
  • Soraya Thronicke (União-MS)
  • Marcio Bittar (União-AC)
  • Esperidião Amin (PP-SC)
  • Luis Carlos Heinze (PP-RS)
  • Marcelo Castro (MDB-PI)
  • Vanderlan Cardoso (PSD-GO)

Deputados:

  • André Janones (Avante-MG)
  • Rogério Corrêa (PT-MG)
  • Natalia Bonavides (PT-RN)
  • Diego Andrade (PSD-MG)

Prefeitos:

  • Amazan Silva – Jardim do Seridó (RN)
  • Paulo Roberto Leite de Arruda – Vitória de Santo Antão (PE)
Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo