Terça, 26/10/2021
Joinville - SC

Projeto visa prevenir e proteger crianças e adolescentes do abuso infantil em Joinville

agosto 16, 2021
Projeto visa prevenir e proteger crianças e adolescentes do abuso infantil em Joinville
Compartilhar
Ouvir publicação

Proteger nossas crianças fica cada vez mais difícil em meio a tanta maldade. Os índices de violência infantil só crescem, e o sentimento de impotência só cresce. Até maio deste ano, foram cerca de 115 mil denuncias foram feitas pelo Disque 100, segundo com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

Com isso, um projeto nasceu em Joinville, Proteja Seus Filhos, idealizado pelo Parapsicólogo Cláudio Oliveira, com a intenção de orientar e auxiliar pais para prevenção e ajudar crianças e adolescentes que sofreram violência sexual infantil.

A ideia veio com o tema do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e com o acesso à informações de dados de crianças e adolescentes que acabaram passando por esta terrível situação. “Eu acabei tendo acesso aos dados e também atendendo as pessoas, a maioria dos adultos tinha sofrido violência sexual na infância. Com isso, eu comecei a me perguntar como eu poderia ajudar as pessoas e os pais a protegerem seus filhos”, explica.

Uma maneira de levar informação e apoio de forma rápida e ampla, foi começar através das redes sociais. A conta no Instagram hoje conta com cerca de 22 mil seguidores e tem conteúdos diários sobre orientação de como lidar com as crianças e perceber sinais de alerta.

“Hoje atendemos em quatro frentes. A primeira e maior delas, as redes sociais com conteúdo diário, sobre números, dicas de prevenção e até mesmo educação sexual, que é diferente da sexualização e muitas pessoas confundem. Sobre consentimento, limites e afins”, pontua Oliveira.

Outra frente também é através das redes sociais, porém engloba o Brasil inteiro, a “Ajuda do Bem”, onde eles recebem relatos de crianças que sofreram abuso, ou até mesmo pais de vítimas para solicitar ajuda psicológica ou jurídica, já que o projeto também conta com apoio da Ordem dos Advogados do Brasil de vários estados.

Palestras são preparadas para ser realizada em igrejas, escolas, comunidades carentes. Já que nem todos tem o acesso à internet, essa opção é para levar a informação a quem não pode, porém com a pandemia, respeitando os limites de aglomeração, os eventos foram reduzidos.

A última frente do projeto conta com apoio da bancada política, e tem reunião a cada dois meses com a equipe da Prefeitura para alinhar medidas de prevenção na cidade. Cada dia o projeto ganha um pouco mais de visibilidade e consegue ajudar muitas pessoas.

Siga-nos no nosso Instagram para receber notícias da região direto no seu celular. Para participar, basta CLICAR AQUI 

Block