quarta-feira,

22/05/2024

Joinville/SC

Search
Close this search box.

Primeiras doses da vacina contra a dengue no SUS chegam ao Brasil

O Brasil recebeu neste sábado (20) a primeira remessa de 750 mil doses da vacina contra a dengue, que será disponibilizada pelo SUS.

Essa é uma importante iniciativa para reforçar a prevenção contra a doença.

O lote faz parte de um total de 1,32 milhão de doses fornecidas pela Takeda, sem custos para o Ministério da Saúde. Uma segunda remessa, com 570 mil doses, está prevista para fevereiro.

O Ministério da Saúde adquiriu 5,2 milhões de doses para 2024, sendo que cerca de 3,2 milhões de pessoas serão vacinadas, considerando a necessidade de duas doses com intervalo de três meses.

As doses passarão por processos de liberação da Alfândega e da Anvisa, sendo enviadas em seguida para o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS).

O Ministério da Saúde solicitou prioridade nesses processos, com previsão de conclusão ao longo da próxima semana.

Em conjunto com Conass e Conasems, órgãos representativos de secretarias de Saúde, foram definidos critérios para a distribuição das doses, seguindo recomendações da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização (CTAI) e da OMS.

As vacinas serão destinadas a regiões de saúde com municípios de grande porte, alta transmissão nos últimos dez anos e população residente igual ou maior a 100 mil habitantes.

O público-alvo em 2024 são crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, faixa etária com maior número de hospitalizações por dengue.

A lista dos municípios e a estratégia de vacinação serão divulgadas nos próximos dias, com previsão de início das aplicações em fevereiro.

O Brasil é pioneiro ao oferecer esse imunizante pelo SUS, incorporado em dezembro de 2023 após análise célere da Conitec, que recomendou a incorporação. 

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo