Quinta, 23/09/2021
Joinville - SC
janeiro 23, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

A Justiça converteu, nesta quarta-feira (22), em prisão preventiva a detenção do homem, acusado de tentar matar e ex-namorada. O suspeito foi preso em flagrante após esfaquear a vítima na Zona Norte da cidade. Ao ser preso, o homem disse à polícia que tentou matar a jovem porque estava sendo traído.

 

 a
 a

[ads1]

[ads2]

A mulher foi surpreendida pelo homem no banheiro do restaurante onde trabalha, na Avenida Santos Dumont.  Os golpes atingiram a região do tórax, ombros, cervical e braços. A mulher  continua internada no Hospital São José. Seu estado é considerado estável.

A arma utilizada foi localizada cerca de 100 metros da cena do crime. Após a atentativa de feminicídio, o homem fugiu para o bairro Jardim Iririú. Policiais militares iniciaram buscas e ao chegar na residência do acusado, encontraram as roupas sujas de sangue no banheiro do imóvel, onde ele morava com a vítima cerca de quatro meses.

O homem foi preso durante tentativa de fuga, já no pedágio de São José dos Pinhais, na BR-376.  O juiz justificou a necessidade da prisão preventiva o fato do acusado ser natural da cidade de São Paulo, o que traria evidente risco de evasão caso permanecesse em liberdade, prejudicando o andamento do processo. A prisão preventiva significa que ele permanecerá preso por tempo indeterminado, até que a Justiça autorize a sua soltura.

 a

[ads1]

[ads2]

Block