Segunda, 15/08/2022
Joinville - SC

Prefeitura sanciona Lei que cria a Escola Municipal de Teatro de Joinville

julho 13, 2022
Prefeitura sanciona Lei que cria a Escola Municipal de Teatro de Joinville
Compartilhar
Ouvir publicação

Em um evento que mostrou o talento dos alunos de teatro da Casa da Cultura Fausto Rocha Junior, o prefeito Adriano Silva e a vice-prefeita Rejane Gambin sancionaram a Lei que criou a Escola Municipal de Teatro de Joinville, nesta terça-feira (12/7).

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!

A cerimônia contou com a presença de servidores da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), vereadores, representantes do Conselho Municipal de Cultura e de instituições artísticas, alunos e professores da Casa da Cultura.

“Eu era tímido e a aula de teatro foi um divisor de águas, foi fundamental. O teatro não tem só o lado cultural, mas tem o lado do desenvolvimento do ser humano, preparar ele para a exposição que o mundo nos exige. Nós temos artistas brilhantes que através do seu trabalho como professores têm deixado um legado para a cidade. Joinville é uma cidade cultural. A assinatura da Lei marca o início do sonho da Escola Municipal de Teatro”, afirma o prefeito, que foi aluno do professor Robson Benta.

Para Guilherme Gassenferth, secretário de Cultura e Turismo de Joinville, a Escola Municipal de Teatro vai ao encontro das possibilidades que o teatro oferece não só para quem o pratica, mas também para quem o recepciona.

“Ter um espaço próprio de ensino e criação teatral amplia os profissionais da área, movimenta a economia, proporciona ao público um maior consumo de bens culturais, viabiliza a produção de eventos, festivais, espetáculos, oficinas e garante a continuidade e importância dessa forma de arte na cidade”, destaca Guilherme.

Durante o evento, os convidados foram presenteados com duas apresentações teatrais: uma atuação cênica a partir de fragmento do texto “A mulher como campo de batalha”, do dramaturgo romeno Matéi Visniec, com as estudantes Juliana de Aguiar e Fernanda Bruner do Curso de Formação em Teatro. E a outra Prática Cênica a partir de fragmento do texto “Claro”, do dramaturgo David Ives, com as estudantes Gabriela Polippo e Sara Fritz do Curso de Iniciação à Prática do Teatro 3.

“Este dia traz emoção para muitas pessoas. É o fruto do trabalho de inúmeros profissionais que ao longo de 50 anos sonharam por esta conquista. Há um histórico desde 1970 que respalda o nosso caminhar coletivo para termos este espaço público de ensino, pesquisa, criação, circulação, fruição e fomento das artes da cena”, complementa Franzoi, gerente da Casa da Cultura.

A Escola Municipal de Teatro atende 472 alunos, em 27 turmas distribuídas em cursos de escolinha de artes infantis, iniciação à prática do teatro, interpretação teatral, formação em teatro, dramaturgia, improvisação teatral e projetos de extensão de formação em teatro nos bairros para professores de escolas públicas, projeto Boi da Casa, programa de Acessibilidade e Diversidade – Teatro e Saúde Mental, este em parceria com a Secretaria de Saúde e o Instituto Impar.

Teatro na Casa da Cultura desde 1970

Nos anos 70, a Casa da Cultura iniciou suas primeiras atividades teatrais com o Grupo Kabuki, onde hoje é a Galeria Municipal de Artes Victor Kursancew.

Na passagem dos anos 70 para 80, surgem os cursos de teatro mais sistematizados e a formação de grupos amadores. Em meados de 1980, criou-se o Estúdio de Artes Cênicas da Casa da Cultura com as manifestações dos projetos e grupos Cenabreve, Não Amassa Esse Pão de Ló e o Matinada.

A partir dos anos 90, em função da demanda por formação em teatro, foram inseridas oficinas de iniciação ao teatro e um Curso de Teatro na Escola de Artes Fritz Alt. E ao longo dos próximos 30 anos o ensino do teatro ocorreu de forma ininterrupta sendo estruturado para um aspecto cada vez mais formativo e ampliado para diferentes faixas etárias e níveis de formação.

Block