Sexta, 19/08/2022
Joinville - SC

Prefeitura lança programa como novo modelo de contraturno educacional

agosto 2, 2022
Prefeitura lança programa como novo modelo de contraturno educacional
Compartilhar
Ouvir publicação

Nesta terça-feira (2/8), a Prefeitura de Joinville promoveu o lançamento do programa Trilhas da Educação, da Secretaria de Educação. O programa possibilita a ampliação da jornada de estudos para os alunos de 6º a 9º ano do Ensino Fundamental das escolas Rede Municipal de Ensino por meio de um novo modelo de contraturno educacional.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!

O evento contou com a participação do prefeito de Joinville Adriano Silva, do secretário de Educação, Diego Calegari, e dos diretores do Senac, Ronaldo Ribeiro e Alexandre Meneguetti, além de vereadores, secretários municipais, profissionais da educação e alunos.

O programa será viabilizado por meio de parcerias com instituições de ensino de Joinville. Na primeira etapa, 576 alunos serão atendidos por três instituições: Senac, Centro Educacional Dom Bosco e Instituto Priscila Zanette.

“O programa Trilhas vem para complementar a educação que é oferecida nas nossas escolas. Ainda existe uma lacuna para as atividades de contraturno e ela será preenchida por meio de parcerias que ampliarão a oportunidade de conhecimento e desenvolvimento dos nossos jovens. Queremos que a aprendizagem seja integral, para que os alunos possam preencher o tempo com atividades, tanto esportivas quanto artísticas e educacionais”, afirmou o prefeito.

A partir desta semana, 200 alunos começam a participar no contraturno educacional oferecido pelo Senac. Eles são estudantes das Escolas Valentim João da Rocha, Professora Karin Barkemeyer e Professor Bernardo Tank, do Vila Nova.

Serão oferecidas quatro aulas diárias preparadas de acordo com a faixa etária dos estudantes, com foco em tecnologia, culinária e artes, além de oficinas de empreendedorismo e bem-estar. Os alunos também terão, todos os dias, um período para realizarem as atividades escolares, como lições de casa e estudos para as avaliações, momento em que serão acompanhados por um pedagogo.

“A ideia é que os alunos tenham atividades diferentes. É uma oportunidade para que eles se conheçam melhor e descubram talentos, que possam pensar em caminhos que poderão seguir futuramente na escolha de uma faculdade e, posteriormente, de uma profissão”, explicou o secretário Calegari.

As aulas do programa Trilhas ocorrerem de segunda a sexta-feira, com 3h20 de duração. Todos os alunos receberão transporte no trajeto entre a escola e a instituição, além de almoço na unidade escolar e lanche no intervalo do contraturno.

Na próxima semana, alunos das Escolas Professor Sylvio Sniecikovski e Professora Rosa Maria Berezoski Demarchi, do bairro Jardim Paraíso, iniciam as aulas no Centro Educacional Dom Bosco.

Block