Quarta, 29/06/2022
Joinville - SC

Prazo para matrículas de jovens e adultos no ensino fundamental encerra sexta-feira

março 2, 2022
Prazo para matrículas de jovens e adultos no ensino fundamental encerra sexta-feira
Compartilhar
Ouvir publicação

Estão abertas até sexta-feira (4/3), as matrículas para a Escola de Jovens e Adultos da Rede Municipal de Joinville. Podem ingressar nesta modalidade de ensino pessoas com 15 anos ou mais que estejam em qualquer nível de aprendizagem do Ensino Fundamental. O atendimento é realizado na Escola Municipal de Jovens e Adultos (antigo Cesita), onde há as opções de turno matutino, vespertino e noturno; e em cinco escolas municipais da cidade, neste caso apenas no período noturno.

A primeira etapa é realizar o cadastro no site da prefeitura (bit.ly/MatriculaEJAJoinville) e depois efetivar a matrícula apresentando, na unidade indicada, os documentos exigidos.

As aulas na Educação de Jovens e Adultos da Rede Municipal de Joinville são semestrais, ou seja, o aluno completa um ano escolar em um período de seis meses. A metodologia também é diferente e oferece opções de qualificação profissional.

“Os professores têm formação específica para garantir o aprendizado na vida adulta. Ela utiliza a experiência do aluno e trabalha os conteúdos por meio de situações comuns do dia a dia. Todo o processo é realizado pensando no profissional do futuro”, explica a coordenadora da Educação de Jovens e Adultos da Secretaria de Educação de Joinville, Deyze Faust.

 

Ela destaca também que é possível realizar a matrícula por área de conhecimento. Portanto, alunos que não querem ou não podem frequentar as aulas de segunda a sexta-feira têm a opção de fazer aulas em apenas alguns dias da semana.

“Por vezes o objetivo final do aluno da EJA é completar este ciclo porque ele é importante para a realização pessoal. Voltar a estudar e conquistar o diploma faz bem para a autoestima”, avalia Deyze.

Para a diretora executiva da Secretaria de Assistência Social de Joinville Cristina Nogueira, o retorno de jovens e adultos para realizarem a conclusão da educação básica é essencial para a colocação no mercado de trabalho. Sem o Ensino Fundamental completo, não só a busca por um emprego é dificultada mas também o encaminhamento para cursos de qualificação profissional.

“Quando o aluno tem, pelo menos, o Ensino Fundamental completo, é possível direcioná-lo para cursos de qualificação profissional. Por vezes, são cursos de curta duração mas que garantem rapidamente a colocação no mercado de trabalho. Mas, mesmo para ingressar nos cursos é necessário, na maioria dos casos, que a pessoa tenha concluído o 9º ano – explica Cristina.

Os dados do Cepat mostram que, ao longo do segundo semestre de 2021, do total de vagas divulgadas em Joinville, apenas 27,8% não tinham o Ensino Fundamental completo como pré-requisito. Além disso, a faixa salarial chega a dobrar quando o trabalhador tem formação básica total, com Ensino Médio completo. Após a conclusão do 9º ano, o aluno pode cursar o Ensino Médio oferecido pelo Estado.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Block