Segunda, 04/07/2022
Joinville - SC
fevereiro 4, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

Na última quinta-feira, dia 23 de janeiro, a equipe do Helicóptero Águia da 2ª Companhia do Batalhão de Aviação da Polícia Militar, em Joinville, recebeu a visita de Anabelly de Oliveira Azarias, de 11 anos de idade, acompanhada da família dela. A menina, de Curitiba (PR), visitou os policiais militares para agradecer por ter sido resgatada por eles de um afogamento ocorrido em Itapoá no último dia 18 de janeiro.

 a
 a

[ads1]

[ads2]

No encontro com os seus heróis, Anabelly entregou uma cartinha escrita à mão e chocolates aos policiais. “Tenente Machado. Muito obrigado pela sua sabedoria de falar a todos da equipe o que deveriam fazer. Esse belo conselho fez um resgate perfeito, o meu. Isso me ajudou a sobreviver e, por isso, sou muito grata, pelo resgate de Itapoá. Por isso, estou aqui para te agradecer mais uma vez”, escreveu na cartinha direcionada ao tenente-coronel Alessandro Machado, comandante da 2ª Companhia de Aviação da Polícia Militar de Santa Catarina.

Um dia antes de visitar os policiais, Anabelly divulgou um vídeo que também agradecia a ação de salvamento. “Quero agradecer muito o PM que me salvou, porque não era para eu estar aqui”, ela diz ao iniciar o vídeo. “Pensei que eu ia morrer naquela hora. A água tava muito forte, mas a PM conseguiu me puxar de lá”, recorda.

Sobre o resgate

Por volta das 18h do último dia 18 de janeiro, um policial militar salvou uma criança que estava se afogando na praia de Itapema do Norte em Itapoá.

A ação ocorreu quando o Helicóptero Águia da PM realizava patrulhamento preventivo nas praias da região e um homem pedindo socorro com uma menina se afogando foram avistados. Esse homem, um banhista, havia entrado no mar para tentar salvar a criança de 11 anos de idade e, enquanto tentava alcança-la, fazia gestos ao Helicóptero, pedindo socorro e apontando para onde a vítima estava.

Um policial que estava na aeronave foi lançado à água, salvou a menina de oito anos de idade e a entregou em segurança para os familiares.

Alerta

Anabelly teria sido surpreendida por uma corrente de retorno, que ocorre quando a água vem do oceano através das ondas, chega até a praia em grande volume, mas retorna ao mar pelo caminho mais fácil, justamente onde se encontra tal corrente. Essas correntes são responsáveis por quase 80% dos afogamentos no Litoral de Santa Catarina. Para evita-las, é imprescindível que os banhistas estejam atentos às bandeiras de sinalização, evitando os pontos em que há bandeira vermelha. Fonte tribunadeitapoa.com.br

[ads1]

[ads2]

Block