Segunda, 23/05/2022
Joinville - SC

Polícia de Joinville prende três acusados de matar motorista de aplicativo

março 10, 2022
Polícia de Joinville prende três acusados de matar motorista de aplicativo
Compartilhar
Ouvir publicação

A Polícia Civil de Joinville, através da DIC (Divisão de Investigação Criminal), sob o comando do delegado José Gattaz Neto, realizou a prisão de três homens acusados de matar e atear fogo no veículo do motorista de aplicativo o Renato dos Santos de Souza, de 34 anos.

De acordo com o delegado, durante o depoimento, os acusados informaram que a motivação do crime ocorreu pela relação da vítima com uma mulher, a princípio casada.

 

Ainda de acordo com o delegado, um dos detidos já possuía dois mandados de prisão por integrar organização criminosa e por homicídio qualificado praticado em 2020. Na residência, os policiais apreenderam celulares e facas, que possivelmente foram utilizados para cometer o crime. Após o auto de prisão, os suspeitos foram conduzidos ao presídio regional de Joinville.  As investigações continuam no sentido de identificar outros possíveis envolvidos no crime.

Desaparecimento

O corpo do trabalhador que estava desaparecido desde o dia 24 de fevereiro foi encontrado em avançado estado de decomposição na tarde do último sábado (5), próximo a Estrada Duas Mamas, divisa de Joinville com Guaramirim.

A última vez que Renato entrou em contato com seus familiares foi na madrugada de quinta-feira (24/02). O desespero dos amigos se tornou ainda maior quando seu irmão foi até a casa do homem, localizada no bairro do Morro do Meio, e encontrou marcas de sangue no quarto e em vários objetos. À noite, outra notícia preocupante: o Renault Sandero que Renato utilizava para transportar os passageiros foi encontrado incendiado na Estrada Cumprida, no bairro Vila Nova.

Block