Sexta, 24/09/2021
Joinville - SC
janeiro 9, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

No dia 08/12/2019 o que inicialmente apresentou-se como Incêndio acidental que resultou na morte de mãe (57) e seu filho (27) queimados, logo evolui para um possível crime de homicídio.

Participe do grupo de TELEGRAM  do Aconteceu em Joinville – Cliqu e Aqui

Siga-nos também no Instagram!  Clique Aqui

[ads1]

[ads2]

Já no dia seguinte havia rumores que três pessoas haviam saído da casa momentos antes do inicio das chamas. A equipe da Delegacia de Guaramirim, coordenada pelo Delegado Augusto Melo Brandão, passou a ouvir testemunhas e buscar elementos que pudessem evidenciar a ocorrência de um crime.

Após várias oitivas realizadas foi confirmado que três pessoas saíram correndo da casa logo após o inicio do incêndio, sendo uma mulher e dois homens, um deste já com passagem por outros crimes. Após intensa investigação chegou-se a conclusão que após consumo de bebidas alcoólicas, houve uma briga e o trio fugiu da casa, porém antes colocou fogo não dando chances de mãe e filho escaparem.

Toda investigação realizada foi remetida a apreciação da Justiça da Comarca de Guaramirim resultando em dois mandados de prisão temporária, sendo que a mulher suspeita já havia se apresentado e sido ouvida. No dia de hoje, 09/01/2020, um mês após o crime, com o apoio da Policia Civil do Estado do Paraná, os dois suspeitos foram presos, naquele estado, e serão remanejados para o presídio de Jaraguá do Sul.

A ocorrência 

Por volta da 1h, deste domingo (8), a Central Regional de Emergências recebeu solicitação para atendimento de ocorrência de incêndio em uma residência na rua José Eugênio Buzzi, bairro Caixa D’Água.

No local foi constatado a residência parcialmente destruida pelas chamas e foi constatado a presença de dois cadáveres no interior, de uma mulher de 59 anos e seu filho de 27 anos: Iracema Santanta Rodrigues e Matheus Rodrigues Ferreira dos Santos. Eles residiam no local e foram vistos por testemunhas momentos antes do incêndio começar, entrando na residência acompanhados de mais três pessoas.

Foi lavrado o boletim de ocorrência e acionado o Instituto Geral de Perícias (IGP) para levantamento pericial e demais medidas pertinentes ao caso. Fonte: DPCO Guaramirim/PM

 

Block