Sabado, 31/07/2021
Joinville
março 10, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

A Polícia Civil de Barra Velha concluiu na última semana o inquérito contra o ex-prefeito Claudemir Matias Francisco. O político é acusado de apropriação indébita previdenciária, artigo 168-A do Código Penal com pena prevista entre dois a cinco anos de prisão. Matias já prestou depoimento para a polícia civil e afirmou para a reportagem que a acusação surgiu de uma intriga política.a

 a

[ads2]

[ads1]

De acordo com as investigações conduzidas pelo Delegado Eduardo Ferraz, a Prefeitura teria recolhido a contribuição dos servidores públicos entre junho e dezembro de 2016, mas deixou de repassar os valores ao IPREVE – Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos. O montante totalizaria R$2.827.127,66 milhões. O inquérito será encaminhado ao Ministério Público que poderá acatar ou não a denúncia.

Prefeito se Defende

O ex-prefeito Matias afirmou que está a disposição para esclarecer todas as informações para a Justiça assim como já fez para a Polícia. Segundo ele, trata-se de um valor recolhido e que permaneceu no caixa da prefeitura para pagamento de outras dívidas. No entanto ele afirma que o valor já foi acertado.

– O valor permaneceu no caixa do município, porque é um caixa só. Cinco meses depois a nova gestão já repassou esse valor, assim como eu também paguei um valor da gestão passada quando assumi a prefeitura. Essas coisas são dívidas que o município tem, declarou ele. Fonte connectlitoral.com.br

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

[ads2]

[ads1]

[ads2]

Block