Sabado, 28/05/2022
Joinville - SC

Partidos querem que morador de rua espancado por personal concorra para deputado

março 24, 2022
Partidos querem que morador de rua espancado por personal concorra para deputado
Compartilhar
Ouvir publicação

Givaldo Alves de Souza, de 48 anos, homem em situação de rua que foi espancado pelo personal trainer Eduardo Alves após ser pego fazendo sexo com a esposa dele em Planaltina, em Goiás, recebeu, ao menos, quatro convites para se candidatar ao cargo de deputado federal. 

A informação foi publicada pela coluna “Janela Indiscreta”, do jornalista Caio Barbieri, no “Metrópoles”, nesta quinta-feira (24). Conforme a apuração do portal, quatro partidos tentam contato com Givaldo para que ele concorra ainda no pleito geral deste ano ao Legislativo.

Os convites, narra Barbieri, ocorreram após uma entrevista concedida ao “Metrópoles” que viralizou nas redes sociais.
O colunista pontuou que há, ainda, partidos que pensam em colocá-lo para disputar o cargo para a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF).  otempo.com.br/

 

Block