Sabado, 02/07/2022
Joinville - SC
outubro 31, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

Um homem de 30 anos matou o filho de apenas 3 anos, e depois cometeu suicídio na noite desta sexta-feira, (31), no bairro João Costa, zona Sul da cidade de Joinville. De acordo com a Polícia Militar, o homem deixou um bilhete afirmando que a culpa pelo ocorrido seria a mãe da criança. O caso será investigado.

 

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

O crime ocorreu em uma residência da rua Olga Trusz Sboinsk. Após esfaquear a criança que foi encontrada sobre um tapete, o homem atentou contra a sua própria vida por enforcamento. Na parede do corredor, o homem deixou um bilhete afirmando que agora a mulher poderia ser feliz com quem ela quisesse, ou ainda poderia se juntar com ele e com a sua filha.

Quem encontrou o corpo das vítimas foi a companheira, de 22 anos, que chegou em casa após um dia de trabalho.  Ela trabalhava e o homem estava desempregado. O casal tinha uma união estável.

Investigações

Conforme os depoimentos iniciais da polícia, o casal estava em união estável há cerca de cinco anos e tinham um filho. Na última semana a mulher havia pedido para se separar.

“Ela tava pedindo para ele sair de casa. Ele não trabalhava e não ajudava no sustento, o que deixou o casal em crise. E ela pediu para ele sair de casa durante a semana. Aí então ele cometeu esse ato”, afirmou o delegado.

[ads2]

[ads2]

 

 

 

Block