domingo,

14/04/2024

Joinville/SC

Search
Close this search box.

PA 24h de Araquari registra aumento na demanda de atendimentos por causa da dengue

Pronto Atendimento 24h de Araquari registra aumento na demanda de atendimentos por causa da dengue

A busca por atendimento no serviço público de saúde de Araquari, por conta dos sintomas da dengue, aumentou.

Em fevereiro de 2023, o Pronto Atendimento 24h atendeu 11.178
pessoas, e em fevereiro de 2024, 17.378.

Por uma recomendação do Ministério da Saúde, Araquari não utiliza o teste rápido para detectar a dengue.

O motivo é pelo fato dele não ser assertivo, e ter a possibilidade do falso negativo, o que faz com que o paciente volte para casa, e não se cuide, podendo resultar em mortes.

Sempre que necessário a verificação, é feito um hemograma que demora até quatro horas para ficar pronto.

Nesse tempo, o paciente precisa permanecer na unidade, em observação, sendo hidratado conforme a necessidade.

Locais de atendimento

Em caso de suspeita de dengue, a recomendação é que o morador busque atendimento na Unidade de Saúde mais próxima da sua casa. Na UBS, ele será avaliado e classificado com os sintomas A, B, C ou D.

Os casos de dengue tipo A são considerados mais leves, o atendimento é clínico com recomendação de hidratação e/ou medicação. Já os casos B, C ou D são encaminhados para o PA onde é realizado o hemograma.

No Pronto Atendimento, o paciente é novamente avaliado pela equipe médica, passa pela coleta de sangue para realização do hemograma e teste da dengue.

O hemograma é analisado pelo laboratório conveniado do município, que funciona 24h, já o teste da dengue é analisado pelo Laboratório Central de Saúde Pública,( Lacen) de Joinville ou Florianópolis.

O resultado sai em até sete dias úteis, mas independente dele, o protocolo de atendimento é imediato, onde o paciente recebe hidratação por soro ou medicação.

Sala de hidratação

A Secretaria de Saúde de Araquari está contratando profissionais em caráter emergencial para aumentar a rede de atendimento aos casos de suspeita de dengue.

O processo seletivo recebeu currículos de médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem.

Uma sala de hidratação está sendo estruturada e deve ser aberta já na próxima semana, no município.

Aumento de casos de dengue

O aumento nos casos de dengue no município preocupa.

Do início do ano até agora, a cidade registrou 1.439 casos confirmados e 693 em investigação; outros 730 foram descartados, totalizando 2.862 notificações.

Por outro lado, a procura pela vacina contra a dengue segue com baixa demanda. Até agora 790 adolescentes, de 10 a 14 anos, foram imunizados.

Melhor remédio é a prevenção

A Vigilância Epidemiológica de Araquari orienta sobre a importância de limpar o quintal, já que 90% dos focos do mosquito estão nas residências.

Eliminar os locais com água parada e passar repelente ainda é o método mais eficaz contra a dengue.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo