Sabado, 13/08/2022
Joinville - SC

“Não podemos entregar o País a uma pessoa corrupta e ladrão”, afirma deputado Coronel Armando durante entrevista

julho 1, 2022
“Não podemos entregar o País a uma pessoa corrupta e ladrão”, afirma deputado Coronel Armando durante entrevista
Compartilhar
Ouvir publicação

O deputado federal Coronel Armando (PL/SC), considerado pelo Congresso Em Foco o parlamentar mais bolsonarista, votando com as pautas de Jair Bolsonaro em 98% das matérias apreciadas na Câmara dos Deputados, falou o que pensa sobre o governador catarinense e pré-candidato à reeleição, Carlos Moisés; o pré-candidato petista à presidência, Lula; e a ex-presidente Dilma Rousseff.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!

Em entrevista para o Portal Aconteceu em Joinville, no especial “AJ Eleições”, o também pré-candidato à reeleição como deputado federal, Coronel Armando, não poupou adjetivos aos políticos. Sobre Carlos Moisés, a quem conhecia desde o tempo em que atuava como Bombeiro Militar, questionou sua ingratidão demonstrada logo ao entrar na política, alegando ser este “um grande defeito”.
Críticas ao governo do PT também não faltaram.

Durante a entrevista o parlamentar instigou os ouvintes a “não se esquecerem do passado de corrupção que houve no governo Lula” e afirmou que a ex-presidente Dilma, na verdade, “é o Lula de saias”.

 

Com a proximidade das Eleições 2022, o parlamentar colocou em xeque a lisura das urnas eletrônicas e destacou o interesse das “Forças Armadas e da população de que as Eleições fossem mais transparentes” e acrescentou, “não podemos entregar o País a uma pessoa corrupta, um ladrão”.

O Supremo Tribunal Federal e seus respectivos ministros também foram lembrados durante a entrevista. Sobre o tema, Coronel Armando defendeu um mandato para os ministros, como meio de acabar com a politicagem, visto que eles, ainda segundo o deputado, “interferem beneficiando o candidato de esquerda”.
Confira a entrevista na íntegra no vídeo abaixo.


Block