Domingo, 16/01/2022
Joinville - SC

‘Não passava de um cara covarde’, diz Antonia Fontenelle após a morte de Batoré

janeiro 11, 2022
‘Não passava de um cara covarde’, diz Antonia Fontenelle após a morte de Batoré
Compartilhar
Ouvir publicação

Antonia Fontenelle não poupou críticas mesmo após saber da morte de Batoré, que faleceu ontem vítima de um câncer, aos 61 anos de idade. Por meio dos Stories no Instagram, a apresentadora detonou o humorista dizendo que não é porque uma pessoa morre, que vira santo.

Participe do grupo de Whatsapp Aconteceu em Joinville – Clique Aqui

A loira, que tinha uma briga da justiça com Batoré, relembrou quando decidiu entrar com um processo contra ele, após ser chamada de rapariga: “Hoje morreu um cearense, que todos chamam de humorista, e que pra mim ele não passava de um cara covarde, machista e que me apontou, me julgou, foi cruel, foi covarde comigo, sem nunca ter me visto na vida, sem nunca eu ter feito nada com ele, o tal do Batoré. Antonia ainda rebateu as mensagens de luto e apoio à família humorista: “Agora tem um monte de gente dizendo: ‘ai, coitadinho, morreu’. Coitadinho o caralho. Não é porque ele morreu que passou a ser santo e vai morar com Deus. ”, começou Fontenelle.

No início de 2021, Antonia e Nogueira se desentenderam na internet após ele chamá-la de “rapariga” em um vídeo compartilhado em seu canal no YouTube, posteriormente deletado.  Ele a atacou pelo fato de a youtuber ter criticado a segurança pública de Alagoas, em relação à agressão sofrida pelo ator Henri Castelli no Estado.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Block