Quarta, 10/08/2022
Joinville - SC

Mulher é feita refém por marido médico no Litoral Norte

agosto 1, 2022
Mulher é feita refém por marido médico no Litoral Norte
Compartilhar
Ouvir publicação

Um médico cardiologista de São Paulo de 46 anos manteve a própria esposa refém dentro de um apartamento alugado em Itapema, no Litoral Norte, nesta segunda-feira (1º). De acordo com a Polícia Militar, ele tinha sintomas de abstinência de psicotrópicos e síndrome do pânico. A mulher foi liberada.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!

O apartamento fica no quinto andar. A Polícia Militar foi chamada às 8h42. Vizinho relataram que o casal fazia barulho de gritos desde a madrugada desta segunda e que atearam fogo em um lençol e jogaram o pano pela janela.

Os policiais tentaram conversar com o médico e pediram para que ele abrisse a porta. Porém, segundo a PM, ele continuou dentro do apartamento e fez exigências e disse estar armado. A mulher também se recusou a abrir a porta.

Como o homem estava alterado e a esposa poderia estar em situação de cárcere privado, foi chamado o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), que saiu da Grande Florianópolis. A equipe chegou às 10h04.

Após uma hora de negociação com o BOPE, a mulher abriu a porta. Tanto ela quanto o médico estavam sem roupas, de acordo com a PM. Após entrarem no apartamento, os policiais encontraram o homem desmaiado após ter tido um mal súbito. Ele foi levado ao Hospital Santo Antônio, em Blumenau, no Vale do Itajaí, pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A PM pegou o depoimento do homem e da mulher. Segundo a corporação, os dois estavam amedrontados, com sensação de perseguição. Acreditavam que alguém estava os seguindo.  g1.com

Block