Quarta, 27/10/2021
Joinville - SC

Ministro da Saúde anuncia início de 3ª dose da vacina

agosto 25, 2021
Ministro da Saúde anuncia início de 3ª dose da vacina
Compartilhar
Ouvir publicação

Um reforço na imunização contra a Covid-19 para idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos a partir da segunda quinzena de setembro. Essa é a nova recomendação do Ministério da Saúde para a campanha de vacinação para enfrentamento da pandemia anunciada nesta quarta-feira (25).

 

A dose de reforço será orientada para pessoas imunossuprimidas que tomaram a segunda dose (ou dose única) há pelo menos 28 dias. Além disso, a recomendação do Ministério da Saúde é que idosos, acima de 70 anos, que completaram o ciclo vacinal há 6 meses, também recebam mais uma dose de vacinas Covid-19.

De acordo com a orientação do Ministério da Saúde, o reforço vale para quem tomou qualquer vacina usada na campanha nacional de vacinação contra a Covid-19 e será realizado, preferencialmente, com uma dose da Pfizer/BioNTech. Na falta desse imunizante, a alternativa deverá ser feita com as vacinas de vetor viral, Janssen ou Astazeneca.

A nova etapa da vacinação foi definida após reunião entre o Ministério da Saúde, representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). A reunião aconteceu em conjunto com a Câmara Técnica Assessora de Imunização Covid-19 (CETAI).

As pessoas imunossuprimidas estão entre os grupos prioritários desde o começo da campanha de vacinação, definidos pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO). Os detalhes sobre esse público-alvo e quem pode ser vacinado estão no PNO, a partir da página 36.

Redução de intervalo

Além do reforço na imunização, o Ministério da Saúde anunciou ainda a redução do intervalo entre as doses da Pfizer e Astrazeneca de 12 para 8 semanas. A previsão é que essa atualização também seja feita a partir da segunda quinzena de setembro.

A diminuição do intervalo estava em estudo pela Câmara Técnica e se torna possível após a vacinação, com a primeira dose, de grande parte da população brasileira acima de 18 anos – até agora, 77% do público-alvo já começou o ciclo vacinal.

Para orientar os gestores locais do Sistema Único de Saúde (SUS) sobre as novas recomendações, o Ministério da Saúde trabalha em uma Nota Técnica que será divulgada em breve.

Campanha acelerada

Com a campanha de vacinação em ritmo cada vez mais acelerado, o Ministério da Saúde distribuiu mais de 223,6 milhões de doses de vacinas Covid-19 para todo o Brasil. Até agora, a primeira dose já chegou para mais de 123,9 milhões de brasileiros acima de 18 anos – 77% do público-alvo. Mais de 123,9 milhões de pessoas já completaram o ciclo vacinal ou tomaram a dose única, o que representa 34,8% do público-alvo. O Brasil ocupa o 4º lugar em número de vacinados com pelo menos uma dose e de pessoas completamente vacinadas entre todos os países do mundo.

Siga-nos no nosso Instagram para receber notícias da região direto no seu celular. Para participar, basta CLICAR AQUI 

Block