Quarta, 29/06/2022
Joinville - SC

Ministério público identifica site falso do Detran

fevereiro 18, 2022
Ministério público identifica site falso do Detran
Compartilhar
Ouvir publicação

No mês em que o Ministério Público Federal – MPF participou em diversos estados do Dia da Internet Segura, lembrado em 6 de fevereiro, um servidor da área de Tecnologia da Informação do MPF da Procuradoria da República no Município de Rio do Sul, em Santa Catarina, identificou uma página eletrônica cópia do Detran local.

Clique aqui e participe do grupo

de Whatsapp Aconteceu em Joinville

O técnico Igor Santos notou que o site exibiu, no fim do uso, uma mensagem informando da necessidade de baixar um arquivo com o resultado de sua consulta. Imediatamente, ele entrou em contato com a Ciasc, empresa do Governo do Estado responsável pela página, com o Núcleo de Infraestrutura de Tecnologia da Informação – Nuiti e com a Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação – Ctic do MPF/SC para relatar o acontecido.

Constatou-se que era uma página falsa em função do oferecimento de arquivo executável e o endereço de domínio da página detran.sc.combr2018.info, que difere do site oficial do Detran/SC detran.sc.gov.br. A página, conforme os técnicos do MPF/SC, era exatamente igual a original, com exceção do endereço eletrônico.

Como o domínio do texto é internacional, é difícil tirá-lo do ar. Igor e os técnicos do MPF e da Ciasc conseguiram barrar que o Google aponte esse endereço falso como sendo o verdadeiro. Mas até a última sexta-feira (9), o endereço “fake”, registrado nos Estados Unidos pela empresa Domains By Proxy, continuava no ar. O site foi registrado no dia 5 deste mês, e só a empresa americana tem a identidade do responsável.

Entre os vários aspectos que permeiam a utilização segura da internet estão os chamados “códigos maliciosos” que, alertam os técnicos em Tecnologia da Informação e Comunicação do MPF/SC, são usados como intermediários e possibilitam a prática de golpes, ataques e envio de spam. Portanto, aconselham, é crucial que sejamos todos cuidadosos ao navegar em páginas suspeitas, e jamais baixar arquivos executáveis na rede institucional.

Cartilha – Veja no fascículo “Códigos maliciosos” da “Cartilha de Segurança para Internet” do Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (cert.br), como tratar incidentes envolvendo redes conectadas à internet.

Siga-nos no nosso Instagram para receber notícias da região direto no seu celular. Para participar, basta CLICAR AQUI 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Block