Quinta, 02/12/2021
Joinville - SC

Memorial da Serraria do Salto resgata história de Campo Alegre

agosto 31, 2021
Memorial da Serraria do Salto resgata história de Campo Alegre
Compartilhar
Ouvir publicação

A Associação de Municípios do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc) está elaborando o projeto que vai resgatar a história da economia de Campo Alegre e servirá de atrativo turístico e de lazer para visitantes e moradores.

A Praça do Memorial da Serraria do Salto, é uma ação que valoriza a recordação da antiga fábrica de corte de madeiras que funcionava no interior do município. Esse empreendimento ficava na Estrada Geral do Salto, na localidade do Salto.

Na década de 30 funcionava nesta região uma pequena serraria pertencente ao senhor Adolfo Herbst. A madeira beneficiada neste ponto era levada de carroça até a estação férrea, da localidade de Rio Vermelho, para ser destinadas às fábricas. A antiga serraria virou um referencial da economia de Campo Alegre. O empreendimento também pertenceu, nos últimos anos, à família Brüske.

A proposta do município era transformar o antigo galpão em um museu. Porém, a estrutura foi danificada por um temporal ocorrido em 2016. Para não perder o valor histórico, a proposta apresentada à equipe técnica do setor de Arquitetura e Engenharia da Amunesc foi fazer um memorial com as madeiras e materiais que usados pela serraria.

Esse monumento vai ser erguido no mesmo ponto onde estavam os maquinários. A área, de 300 metros quadrados, também será revitalizada para convívio de lazer e integração.

O projeto também evidencia o resgate histórico e cultural, com a proposta de colocar placas que contam a história da serraria e sua importância na economia de Campo Alegre, visto que o município era referência no beneficiamento da madeira.

O local vai contar com peças reaproveitadas da antiga serraria para serem utilizadas nos bancos, na reprodução da roda d’água da serraria, exposições e paisagismo. A proposta projetada cria uma espécie de museu ao ar livre. O local também vai ter área de descanso e contemplação, rampa de acessibilidade e bicicletário.

A equipe da Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer vai realizar esse resgate histórico para incluir no material que será disponível para o conhecimento dos visitantes.

“Essa praça vai valorizar a história econômica da nossa cidade e incrementar o atrativo turístico numa região que também é contemplada pela beleza natural da cachoeira do Salto do Engenho”, explica a secretária de Cultura e Turismo, Samille Kestering Neumann.

O valor orçado para a obra é de R$ 300 mil. Os recursos, segundo a Prefeitura de Campo Alegre, serão buscados junto ao Ministério do Turismo. Ainda não há previsão de quando a obra será iniciada.

Siga-nos no nosso Instagram para receber notícias da região direto no seu celular. Para participar, basta CLICAR AQUI 

Block