Terça, 24/05/2022
Joinville - SC

Médico que atuou em Joinville é condenado por estuprar paciente

fevereiro 22, 2022
Médico que atuou em Joinville é condenado por estuprar paciente
Compartilhar
Ouvir publicação

O médico Antônio Teobaldo Magalhães, de 64 anos, foi condenado a 12 anos de prisão por ter estuprado uma paciente em seu consultório, em um posto de saúde do bairro Iririú, em Joinville. Magalhães estava preso preventivamente desde outubro de 2021. De acordo com a Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso, o médico é investigado ainda em outros dois inquéritos.

 

Ele deverá pagar ainda uma indenização no valor de R$ 25 mil reais por danos morais. Segundo o Ministério Público de Santa Catarina, ele não poderá recorrer em liberdade.  De acordo com a delegada Claudia Cristiane Gonçalves de Lima, titular da Dpcami (Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso), existem outros inquéritos abertos e em fase final de diligências.

Segundo a Polícia Civil, as duas outras investigações envolvem acusações de abuso sexual contra Magalhães, que teria usado da profissão como meio para perpetrar os crimes. Em um desses casos, o médico teria voltado a assediar a paciente por meio de mensagens de texto.

Block