Quarta, 25/05/2022
Joinville - SC

Marido é morto a facadas ao defender companheira de assédio

abril 11, 2022
Marido é morto a facadas ao defender companheira de assédio
Compartilhar
Ouvir publicação

Um homem de 31 anos foi morto a facadas ao defender a companheira do assédio de um rapaz em Ilhota, no Vale do Itajaí. O crime ocorreu na noite deste domingo (10/4). A mulher presenciou o assassinato do marido que levou aproximadamente 30 golpes.

Na noite do crime, o casal estava num bar onde o rapaz apareceu e houve uma discussão por causa da situação. O casal resolveu ir para a casa, porém, o autor do crime seguiu os dois até o imóvel. No momento em que o marido saiu para a rua, foi assassinado a facadas.  Após o crime, o autor fugiu de bicicleta.

Conforme os socorristas, o homem foi golpeado cerca de 30 vezes no tórax, abdômen e costas. Quando os bombeiros chegaram, ele já havia morrido  De acordo com a Polícia Militar, o acusado de cometer o crime mandava mensagens para a esposa da vítima tentando ter uma relação amorosa com a mulher.   A Polícia Civil de Ilhota abriu um inquérito para investigar o crime. Até a noite desta segunda-feira (11), o suspeito não havia sido encontrado.

Faca usada em homicídio em Ilhota — Foto: Bombeiros Voluntário Ilhota/Divulgação
Faca usada no crime — Foto: Bombeiros Voluntário Ilhota/Divulgação

Block