Terça, 28/06/2022
Joinville - SC

Líder dos caminhoneiros anuncia paralisação após aumento dos combustíveis

março 12, 2022
Líder dos caminhoneiros anuncia paralisação após aumento dos combustíveis
Compartilhar
Ouvir publicação

O líder dos caminhoneiros, Wanderlei Alves, conhecido como Dedeco, anunciou nesta quinta-feira (10) uma paralisação no setor em pelo menos quatro estados contra o aumento de até 24,9% imposto pela Petrobras ao preço da gasolina, diesel e gás. O motorista citou manifestações em São Paulo, Paraná, Mato Grosso e Pará.

 

O caminhoneiro anunciou que a paralisação terá o apoio do Sindicato Nacional dos Cegonheiros (Sinaceg), em São Bernardo do Campo (SP) e o Sindicato dos Transportadores Rodoviários de Veículos Automotores (Sintravam), sem São José dos Pinhais (PR).

Caminhoneiros estão insatisfeitos com Bolsonaro

Wanderlei Alves disse ainda que os profissionais da categoria de Sinop (MT) prometeram parar caminhões na BR-163 da cidade, além de Rondonópolis (MT) e Novo Progresso (PA). Os motoristas afirmaram que não irão impedir a passagem de ônibus, ambulâncias, alimentos perecíveis ou automóveis.

 

“Bolsonaro trata os caminhoneiros como otários e vai encarar uma greve sem precedentes. Agora Bolsonaro vem com conversa pedindo para o Congresso aprovar subsídio para o diesel? Isso vai sair da segurança, da saúde, da educação. Bolsonaro tem de peitar os investidores da Petrobras e olhar para o povo brasileiro. Esse aumento absurdo vai refletir nas prateleiras, a população também vai sofrer”, disse Dedeco.  Fonte diariodocentrodomundo.com.br

 

Block