Sabado, 13/08/2022
Joinville - SC

Leo Lins faz piada preconceituosa com criança e é demitido do SBT

julho 5, 2022
Leo Lins faz piada preconceituosa com criança e é demitido do SBT
Compartilhar
Ouvir publicação

O humorista Leo Lins foi demitido do SBT após um vídeo no qual faz uma “piada” ofensiva contra sobre uma criança com hidrocefalia, durante uma apresentação de stand up comedy, circular nas redes sociais. Leo Lins fazia parte da equipe do “The Noite”, apresentado por Danilo Gentili. Em nota, a emissora afirmou apenas que “Leo Lins não faz mais parte do quadro do elenco do SBT.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!

“Eu acho muito legal o Teleton, porque eles ajudam crianças com vários tipos de problema. Vi um vídeo de um garoto no interior do Ceará com hidrocefalia. O lado bom é que o único lugar na cidade onde tem água é a cabeça dele. A família nem mandou tirar, instalou um poço. Agora o pai puxa a água do filho e estão todos felizes”, disse, em um vídeo que está circulando nas redes sociais

Monark defende Léo Lins, demitido do SBT e recebe enxurrada de críticas

O youtuber disse que “estão criminalizando a profissão de humorista” e usou o discurso de que só estão permitidas declarações “politicamente corretas”.

“Leo Lins demitido por fazer uma piada, estão criminalizando a profissão de humorista. Apenas coisas politicamente corretas podem ser ditas em voz alta, já somos uma sociedade censurada, liberdade de expressão está morrendo, quando isso acontecer, matar as outras será fácil”, escreveu no Twitter.

O nome de Monark se tornou um dos assuntos mais comentados da rede social do passarinho. Nos comentários da publicação, o ex-apresentador do Flow Podcast recebeu uma enxurrada de críticas.


AACD divulga nota de repúdio após Leo Lins fazer ‘piada’ sobre criança com hidrocefalia

Confira a nota de repúdio na íntegra:

‘A AACD repudia veementemente a ‘piada’ feita por Leo Lins em vídeo divulgado recentemente nas redes sociais do comediante. Em uma fala extremamente infeliz e bastante capacitista, ele ataca pessoas com hidrocefalia, chama as pessoas com deficiência de ‘crianças com vários tipos de problemas’ e mostra desrespeito aos moradores do Ceará.

Ele cita diretamente o Teleton, marca que no Brasil pertence à AACD, e há 25 anos tem contribuído para transformar vidas de milhares de pessoas com deficiência física de todas as partes do Brasil.

A atitude de Leo Lins também configura crime, conforme prevê o artigo 88 da lei 13.146/2015 – ‘Praticar, induzir ou incitar discriminação de pessoa em razão de sua deficiência: Pena – reclusão, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa’.

Esse tipo de ‘piada’ é de extremo mau gosto, capacitista e incabível na sociedade em que vivemos hoje, pois vai na contramão de um mundo mais inclusivo pelo qual lutamos todos os dias. A AACD aguarda um posicionamento público com pedido de desculpas de Leo Lins. Combater o capacitismo, o preconceito a pessoas com deficiência, é missão de todos nós.’

 

Block