Últimas notícias
Home » Santa Catarina » Justiça responde a moção de vereadores sobre impasse entre Casan e Águas de Araquari
    

Justiça responde a moção de vereadores sobre impasse entre Casan e Águas de Araquari

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) respondeu a moção da Câmara de Vereadores de Araquari, que solicitou agilidade na apreciação do processo que envolve a Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) e o município.




O juiz auxiliar da Presidência do TJ-SC, Cláudio Fontes, encaminhou o documento para o desembargador Paulo Henrique Moritz Martins da Silva, relator do processo do caso envolvendo a estatal e a Prefeitura de Araquari.

O impasse sobre o abastecimento começou em março, quando a Prefeitura anunciou a assinatura de contrato emergencial com a empresa ESAC Saneamento para futura criação da Águas de Araquari, rompendo contrato de 43 anos com a Casan. A estatal entrou na Justiça para continuar prestando o serviço de distribuição da água e o saneamento e até agora não há nenhuma decisão sobre o tema.

Segundo o presidente da Câmara, o vereador Sidinei Xavier (Sid do Itinga), é dever da casa ouvir e atender as demandas da população, principalmente os moradores do bairro Itinga, que há anos reclamam do serviço prestado pela Casan. Recentemente, o Procon notificou a estatal pelas inúmeras reclamações da comunidade. “Além da qualidade da água, em alguns dias a água nem chega nas torneiras. É um descaso com a população, que paga por um serviço que deixa a desejar”, afirma o presidente do poder legislativo, Sid do Itinga.




Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.
error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville