terça-feira,

27/02/2024

Joinville/SC

Search
Close this search box.

Joinville intensifica combate à dengue com ampliação de equipes e ações emergenciais

Neste ano, a Secretaria de Saúde de Joinville confirmou 795 casos de dengue, resultando na trágica perda de quatro idosos.

Os bairros mais afetados foram Saguaçu, Aventureiro, Boa Vista, Iririú e Vila Cubatão, que registraram o maior número de casos nas primeiras semanas de 2024.

A situação da dengue está se agravando rapidamente em todo o Brasil.

Em resposta a isso, no dia 1º de fevereiro, o Ministério da Saúde instalou um Centro de Operações de Emergência (COE) para conter o avanço da doença. Vários estados, incluindo Acre, Goiás e Minas Gerais, além do Distrito Federal, decretaram Situação de Emergência, assim como diversas cidades, como o Rio de Janeiro.

Em Joinville, as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti são contínuas. No dia 18 de dezembro de 2023, a Prefeitura lançou o plano “Joinville Contra a Dengue”, abrangendo ações de prevenção, educação, assistência e tecnologia.

Diante do aumento no número de casos e da declaração do Alerta Laranja, a Prefeitura intensificou suas iniciativas, incluindo a ampliação das equipes, mutirões nos cemitérios, vistorias nas unidades municipais, capacitação dos profissionais, elaboração de relatórios técnicos, implementação do projeto “Detetives da Dengue”, realização do “Dia D – Joinville Contra a Dengue”, avanço na tecnologia Wolbachia e desenvolvimento de campanhas educativas.

Para agilizar o tempo de resposta da Vigilância Ambiental, que realiza visitas domiciliares em áreas afetadas, monitora regiões e fiscaliza pontos denunciados como focos, serão contratados 45 novos agentes de combate a endemias.

Esses novos profissionais se unirão aos 74 já atuantes, formando uma equipe de 119 membros, representando um aumento de 60%.

Denúncias de focos podem ser feitas por meio do aplicativo Joinville Fácil ou pela Ouvidoria.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo