quarta-feira,

22/05/2024

Joinville/SC

Search
Close this search box.

Joinville inicia contratação para construir praça em homenagem à dança

 

Um local para celebrar a união de duas grandes marcas de Joinville: a dança e a tecnologia.

Assim será o novo espaço de lazer construído pela Prefeitura de Joinville em homenagem à dança.

A praça será instalada no cruzamento da Av. Juscelino Kubitschek com a Rua 9 de Março e terá uma área de 481m².

No Diário Oficial do Município de quinta-feira (25/1), será publicado o processo licitatório para contratar a empresa que fará a revitalização do local.

O valor máximo para contratação da obra é de R$ 426.440,92.

As empresas interessadas em participar da concorrência pública poderão enviar a documentação prevista no Edital a partir de quinta-feira (25/1) até às 9h do dia 9 de fevereiro.

A praça terá uma bailarina em tamanho real, que será construída com o uso da tecnologia de manufatura aditiva à laser, que é uma espécie de impressão 3D feita com metal.

Essa é uma tecnologia de ponta oferecida pelo Senai Norte, sendo uma das mais avançadas no mundo.

O projeto da Prefeitura conta com a parceria da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e Escola do Teatro Bolshoi do Brasil.

Segundo o prefeito Adriano Silva, além de ser um monumento à dança, a praça será um espaço no coração da cidade para usufruto dos joinvilenses. “Queremos que as crianças possam se divertir, que seja um local que torne nossa cidade ainda mais bonita”, afirma o prefeito.

Desde 2022, a Prefeitura e as instituições parceiras trabalham na elaboração do projeto de revitalização do espaço e de produção da bailarina.

A modelo é a joinvilense Thais Diógenes, que em 2011 se formou na Escola do Teatro Bolshoi do Brasil e hoje é a solista principal da Ópera de Kazan, na Rússia. Thais já foi escaneada, para gerar o molde de sua imagem em 3D. E agora, ocorre o processo de impressão da bailarina, no Senai Norte.

“É uma honra e responsabilidade muito grande representar essa arte e todos os bailarinos. Principalmente, ficar eternizada na minha cidade natal, a Cidade da Dança. Sempre tive muito orgulho da nossa cidade e da minha profissão. Será um grande presente para mim”, diz a bailarina

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo