Segunda, 27/06/2022
Joinville - SC

Joinville entra na lista de dez melhores cidade para empreender no país

março 17, 2022
Joinville entra na lista de dez melhores cidade para empreender no país
Compartilhar
Ouvir publicação

A Escola Nacional de Administração Pública (Enap) e a Endeavor lançaram nesta semana o Índice de Cidades Empreendedores 2022, que traz Joinville em nono lugar do ranking nacional entre os 100 municípios mais populosos. No levantamento anterior, de 2020, Joinville estava em 16º lugar. Entre os itens avaliados, a cidade se destaca em três quesitos:

– Ambiente regulatório, que leva em conta questões como tributação e complexidade burocrática,  em que ocupa 4º lugar

– Inovação, que considera aspectos da economia criativa, indústria inovadora, profissionais de ciência e tecnologia e investimentos, em que ocupa 11º lugar

– Mercado, que avalia tópicos relativos ao desenvolvimento econômico da cidade, em que ocupa 13º lugar

Uma das entidades que apoia esse movimento e vem promovendo o empreendedorismo e a inovação na cidade é o Join.Valle. Reunindo agentes do setor público, iniciativa privada, academia e comunidade, a entidade tem como objetivo incentivar a cultura empreendedora e a consolidação de um ecossistema de inovação forte e hiperconectado.

O Join.Valle foi criado em 2015 e é responsável por iniciativas de capacitação para empreendedores (como a Jornada de Empreendedorismo, Desenvolvimento e Inovação de Joinville – JEDI), conexão de investidores anjos locais (eles têm um fundo de investimento, o Join.VC, em parceria com a Bossanova), incentivo à formação de talentos e à construção de espaços de inovação (foram um dos idealizadores do Ágora Tech Park, hoje maior polo tecnológico de Joinville), entre outras.

Os diretores da entidade estão à disposição para falar um pouco mais sobre esse movimento da cidade, caso vocês tenham interesse em repercutir a pauta. O que acham?

Além disso, também podemos fazer a conexão com empresas de tecnologia que são cases de crescimento da região, como, por exemplo:

Zitrus: Após 10 anos de trajetória,  a Fesc Tecnologia, criada em 2011 pela Federação Unimed Santa Catarina, passa a ser Zitrus, com foco na inovação voltada para o segmento de saúde complementar. A Zitrus é uma empresa de tecnologia que desenvolve softwares de gestão para operadoras de planos de saúde. Com sede em Joinville, a healthtech implementa soluções completas, que englobam desde o atendimento, autorização e auditorias até o prontuário eletrônico de pacientes e faturamento. Especialista no Sistema Unimed, conta com 180 colaboradores e atende, atualmente, mais de 50 clientes em nove estados, com 20 mil cooperados e 2,6 milhões de beneficiários assistidos. Em média, uma a cada sete Unimeds do país utiliza soluções da Zitrus.

Asaas: Fintech de Joinville, o Asaas oferece serviços de conta digital para empresas por meio de uma solução completa para gestão de cobranças, pagamentos e antecipações. Considerada umas das candidatas à unicórnio em 2022 pela plataforma de inovação Distrito, a startup  teve um crescimento de 94% no faturamento e 79% nos usuários em 2021. Para dar conta do aumento na demanda, o time quase triplicou neste período, saltando de 184 para 488 colaboradores. Para este ano, a expectativa é abrir novas vagas principalmente na área de Tecnologia, nas equipes de Engenharia e de Produto.

Tiflux: Criada em 2005, a startup oferece uma solução para atendimento a clientes que têm a necessidade de organizar seus fluxos de trabalho, aumentar a performance da equipe e rentabilidade, oferecendo 7 formas diferentes para a abertura de solicitação de atendimento e 7 maneiras de gerenciar contratos e cobrar suas recorrências. Tem cerca de 450 clientes ativos .

Block