Últimas notícias
Home » Esporte » Jec perde para na Arena
    

Jec perde para na Arena

O Joinville lutou, mas não conseguiu passar pela Chapecoense na noite deste sábado. Jogando na Arena Joinville, o Tricolor foi derrotado pelo time do Oeste por 1×0, com gol do volante Amaral no final da primeira etapa. Com o resultado, o JEC permanece na quarta colocação do Catarinense, com 17 pontos conquistados. A equipe tricolor volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Hercílio Luz, fora de casa.

O JOGO

No início da primeira etapa, as duas equipes tocavam bem a bola e buscavam o gol adversário. Aos quatro minutos, Grampola finalizou de bicicleta e mandou a bola por cima do gol, mas o bandeira já havia marcado o impedimento. Pouco tempo depois, a Chapecoense levaria perigo. Eduardo Person saiu jogando errado, Wellington Paulista aproveitou e finalizou.

Ele acabou pegando embaixo da bola e ela subiu demais, por cima do gol de Emerson. A partida continuou equilibrada, mas sem muitas emoções. O JEC teria mais uma chance aos 21 minutos. Eduardo Person deu um lindo lançamento para Madson, em condição legal, que invadiu a área e tocou para Grampola estufar as redes, mas a arbitragem errou e marcou o impedimento.

Elias foi um dos destaques do JEC na primeira etapa, mas Chape levou a melhor e venceu o duelo na Arena (Foto: Beto Lima/JEC)

Nos minutos finais da primeira etapa, os lances ficaram mais claros. Aos 44, Murilo Rangel deu bom passe para Grampola, o artilheiro invadiu a área e meteu a cavadinha com a perna direita, mas Jandrei fez uma defesa providencial. Um minutos depois, em uma jogada ensaiada de escanteio, Amaral cabeceou para o fundo das redes, abrindo o placar para a Chape: 1×0 e fim de papo na primeira etapa.

A partida perdeu qualidade no segundo tempo. O primeiro lance de perigo surgiu aos 14 minutos, quando Wellington Paulista arriscou de longe e Emerson fez boa defesa. Vendo que o jogo caminhava devagar, os dois treinadores começaram a usar o banco de reservas. Porém, o ritmo da partida não mudou.

Com 27 minutos, Márcio Araújo saiu cara a cara com o goleiro Tricolor, ele finalizou e o Emerson fez a defesa com o joelho. O Tricolor só levaria perigo aos 40 minutos, Breno cobrou escanteio e Evaldo, de puxeta, completou. A bola raspou o travessão e foi para fora. Sem mais nenhum lance claro de gol, a partida terminou com o placar de 1×0 para os visitantes.

Ao final da partida, o técnico Rogério Zimmermann avaliou o resultado negativo e atuação da arbitragem comandada por Bráulio da Silva Machado. “Fizemos um grande primeiro tempo, até melhor do que contra o Avaí, na semana passada.

Infelizmente hoje a arbitragem interferiu no resultado. Em um jogo tão parelho quanto esse, você não pode errar. Foi uma péssima arbitragem. Claro que a Chapecoense teve seu mérito, chegou ao seu gol, e depois ficou muito difícil buscar o gol no segundo tempo contra uma equipe bem postada e em vantagem. Em geral, sempre acho que o resultado é justo no futebol, exceto quando tem erro de arbitragem. E hoje teve!”, resumiu.

Facebook Comments

About Redação

Redação
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor da revista. O portal de notícias Aconteceu em Joinville tem o compromisso de levar a informação a população joinvilense através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *

*

error: Todos os direitos reservados - Aconteceu em Joinville