Segunda, 20/09/2021
Joinville - SC
fevereiro 20, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

O homem que matou a ex-companheira e tentou matar a sogra foi condenado a 30 anos e oito meses de prisão. O julgamento ocorreu nesta quarta-feira, (19), no fórum da comarca de Joinville. No dia do crime, o condenado utilizava tornozeleira eletrônica.

 a
A

[ads1]

[ads2]

Marcelo de Carvalho de 31 anos foi condenado por matar Luana Rutzen de 22 anos e por tentar matar a sogra, Iliane Aparecida dos Santos de 45 anos (na época). Quando o crime ocorreu, em abril de 2019, no bairro Vila Nova, o condenado utilizava tornozeleira eletrônica. Ele estava em liberdade provisória pelos crimes de porte ilegal de armas e ameaça.

De acordo com o Ministério Público, o réu teria atirado uma vez na cabeça de Luana, quando estava saindo da residência, retornou e fez mais dois disparos para garantir a morte da garota. Ao tentar proteger a filha, a mãe da garota também foi atingida por dois disparos no pescoço. Logo após a sentença, Marcelo foi encaminhado ao sistema prisional de Joinville

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

[ads1]

[ads2]

Block