sábado,

25/05/2024

Joinville/SC

Search
Close this search box.

Governador autoriza chamamento de 41 aprovados no concurso público de 2019 do IMA

O governador de Santa Catarina, Jorginho Mello, autorizou o chamamento de 41 aprovados no concurso público de 2019 do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) – edital nº 01/IMA/2019 – que segue vigente até janeiro de 2024.

O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira, 14, e pode ser conferido neste link.

“O IMA é um órgão que contribui diretamente com os índices de desenvolvimento sustentável que Santa Catarina possui configurando entre os melhores do país. Vamos fortalecer e acelerar este trabalho”, comenta o governador.

Estima-se que através do incremento de pessoal, o órgão possa dar vazão aos processos de licenciamento represados e contribuir com a geração de cerca de 60 mil empregos diretos e indiretos e o incremento de R$ 1 bilhão em impostos gerados por novos empreendimentos licenciados pelo Instituto.

Atualmente, o IMA conta com aproximadamente 300 servidores efetivos e 250 terceirizados para atender todo o estado.

A falta de profissionais técnicos que realizem análises dos processos de licenciamento ambiental é uma das principais carências do órgão ambiental.

Foto: Arquivo/Secom

Para a presidente do IMA, Sheila Meirelles esse é um momento histórico para o Instituto em Santa Catarina.

“O governador Jorginho Mello está extremamente comprometido com o Meio Ambiente, e o chamamento de novos concursados é algo marcante para o setor que poderá aumentar a sua efetividade”, destaca a presidente ao lembrar do trabalho conjunto entre o IMA e a Secretaria da Fazenda, para construir o aparelhamento da estrutura dos órgãos ambientais no âmbito estadual.

Em 2022, foram formalizados cerca de 21 mil processos de licenciamento no Instituto e o tempo médio   estimado para resolução chegou a alcançar 270 dias.

Com o incremento dos novos servidores no quadro funcional, estima-se que a redução do tempo para liberação de Licença Ambiental de Instalação (LAI) e Licença Ambiental de Operação (LAO) caia para 60 dias, e que a liberação de Licença Ambiental Prévia (LAP) seja concluída em até 90 dias.  

Os novos servidores que serão chamados para o IMA são formados nas áreas de administração, engenharia sanitária e/ou ambiental, geologia, economia, biologia, engenharia (agrônomo), engenharia florestal, geografia e oceanografia.

Os servidores empossados atuarão em locais onde havia deficit de funcionários provocado por motivos diversos como: aposentadoria, exonerações, falecimento, entre outros.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo