Sabado, 24/07/2021
Joinville
março 9, 2020
Compartilhar
Ouvir publicação

Três julgamentos estão marcados para acontecer nesta semana – terça (10), quarta (11) e quinta (12) – no Fórum de Joinville. As sessões do Tribunal do Júri serão presididas pelo juiz Gustavo Henrique Aracheski.

a
 a

[ads2]

[ads1]

Na terça-feira (10), às 13 horas, o Conselho de Sentença (formado por sete jurados) vai julgar uma tentativa de homicídio que aconteceu no dia 13 de março de 2019, no bairro João Costa. O réu é acusado de utilizar uma faca para tentar matar a vítima, com golpes na região abdominal, ocasionando várias lesões. A vítima não morreu porque foi rapidamente encaminhada ao hospital. Segundo acusação do Ministério Público, o crime foi praticado por motivo torpe, porque o réu queria assumir aquele ponto de tráfico de drogas.

Na quarta-feira (11), com início às 13 horas, o Tribunal do Júri analisa as circunstâncias do episódio ocorrido no dia 23 de junho de 2015, na rua Inambu, no bairro Costa e Silva. O réu é acusado de, juntamente com outro rapaz não identificado, efetuar seis disparos de arma de fogo contra a vítima que estava num escritório de contabilidade. De acordo com o Ministério Público, o acusado entrou no estabelecimento e efetuou os disparos, enquanto seu comparsa ficou esperando em uma moto.

O veículo utilizado pela dupla foi deixado alguns quarteirões do local da tentativa de homicídio. Conforme o MP, o crime foi torpe, uma vez que o réu tinha uma cobrança para fazer com a vítima. O homicídio não se consumou porque os tiros não atingiram órgãos vitais e a vítima foi rapidamente socorrida.

Para fechar a semana, nesta quinta-feira (12), 9 horas da manhã, acontece o julgamento em que a vítima foi morta porque devia R$ 1.000,00 (fruto de uma dívida) com os dois acusados. Conforme acusação do Ministério Público, o crime foi torpe, pois os denunciados integravam uma organização criminosa.

O episódio ocorreu na madrugada do dia 7 de julho de 2017, na rua Canoas, no bairro Iririú. Os réus são acusados de efetuar seis disparos de arma de fogo, sendo que um deles alvejou a pálpebra inferior direita da vítima, ocasionando sua morte.

Sua empresa em destaque, Informações só clicar aqui

[ads2]

[ads1]

[ads2]

 

Não é permitido replicar o conteúdo desse site.