Sexta, 30/07/2021
Joinville
Compartilhar
Ouvir publicação
Opinião Carlos Alberto Hang

FOME x VÍRUS

Por que mesmo tanto empenho por parte de governantes, jornalistas e povo em geral, em controlar um vírus que já era conhecido por mais de 60 anos e que sofreu mutação como ocorre anualmente com o vírus da gripe, em detrimento do caos que vivemos mundialmente através da fome, assim como da violência social, entre outros? Se tivéssemos pelo menos 1% da dedicação que estão dando para este vírus, voltada para erradicar a fome, poderíamos tirar o vocábulo fome do nosso dicionário em pouco tempo.

 

Conforme a ONU, temos 820 milhões de seres humanos passando fome no mundo e desnutridos, e que em cada 4 segundos uma criança morre de fome no planeta (UNICEF/2017), mas então, quantos têm morrido de fato pelo coronavírus mesmo?

A quem interessa este desgaste econômico e esta histeria social sobre o coronavírus? Todo empenho que governantes, mídia e povo está tendo contra este vírus, não seria porque pode lhes atingir, enquanto não ocorre sobre a fome, que seria de pessoas deveras pobres e longe de seus olhos? Fome é lembrada de se tratar em discursos demagógicos quase somente.

Claro que se deseja o combate ao vírus, mas apenas aqui registramos a reflexão sobre o que nos impulsiona nossas prioridades na vida, nossas atitudes, o que nos tira o sono, e se não estamos sendo uma civilização egocêntrica e egoísta demais, cegas diante das desgraças alheias, principalmente daqueles que não tem voz, os seres humanos fantasmas mesmo enquanto vivos, as pessoas invisíveis deste planeta para a maioria de nós, mas que vivem seus dias sobrevivendo e não vivendo.

(Carlos Alberto Hang, Embaixador pela Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix; Genebra/Suíça)

Block