Quinta, 30/06/2022
Joinville - SC

PSICOLOGIA DO ESPORTE: o foco do trabalho do psicólogo…

maio 15, 2022
PSICOLOGIA DO ESPORTE: o foco do trabalho do psicólogo…
Compartilhar
Ouvir publicação

Diante da atuação do PSICÓLOGO ESPORTISTA, existe ainda uma limitada visão de que se trata de tomar conta com casos considerados problema, e não de fomentar e estimular as questões de caráter cognitivo, psicológico e ainda comportamental.

Outros ainda têm em mente um conceito equivocadíssimo do que se trata o trabalho do psicólogo do esporte, acreditando que seria de ação motivacional, através de palestras e afins.

Alguns também confundem o trabalho do psicólogo do esporte como mediador de conflitos, visto como bombeiro que vem apagar o fogo quando o incêndio já apareceu e está sem controle aos olhos e capacidade de controle dos dirigentes esportivos. Que é de um amadorismo ímpar deixar a tal ponto a situação toda, provocando desgaste físico e mental que poderia ser evitado se tivesse contratado um profissional da área da psicologia do esporte devidamente preparado para atuar neste lugar.

O foco deve estar no gerenciamento de carga do estresse emocional do atleta e equipe técnica, bem como aumentar o poder de concentração e tomada de ação diante de resolução de problemas imediatos durante a prática esportiva, ativados pelo foco, são ferramentas aprimoradas pela psicologia em associação.

Pouco ou nada adianta um trabalho motivacional isolado quando não existe um trabalho amplo promovido anteriomente pelo promovedor da ação motivacional, por exemplo, tanto de caráter coletivo, quando no contexto individual.

Vale sempre salientar que os resultados do trabalho da psicologia do esporte geralmente ocorrem a longo prazo, e em associação a outras vertentes profissional dentro deste contexto.

É preciso criar um elo entre o profissional do esporte e os atletas e equipe técnica, um certo efeito psicanalítico do SSS (sujeito suposto saber) como meio de provocar as mudanças necessárias em cada qual, num movimento de confiança e segurança acionária que tal trabalho pede.

Quando atletas, técnicos e dirigentes esportivos entenderem de fato a função e devida importância da atuação de um psicólogo do esporte no mundo esportivo, não mais viverão sem tal profissional, e nem medirão esforços em valorizá-lo, profissional e financeiramente, a contento.

(conteúdo trabalhado em minha palestra PSICOLOGIA & ESPORTE: um casamento perfeito e necessário)

Quem é o autor deste artigo: Carlos Alberto Hang, Psicólogo, Doutor e Mestre, Jornalista (SC03991); especialista/pós-graduado em psicologia do esporte, hipnose clínica, sexologia, dependência química, MBA em Liderança e Coaching, psicopedagogia, psicanálise, terapia cognitivo comportamental, educação infantil, e Ciências da Religião, com graduação também em Teologia, Filosofia, História, Letras e formação em hipnose transformacional; International Master Premium em Hipnose; Master PNL Practitioner (NLPEA Association of Excellence/USA); e escritor. Embaixador pela Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix (Genebra/Suíça), é Cônsul de Joinville – Instituto Internacional Poetas del Mundo, detentor do Oscar Brasileiro by Grupo Jornalístico Ronaldo Côrtes de São Paulo, e membro honorário imortal da Academia de Ciências, Letras e Artes de MG na cadeira 148. INSTAGRAM: @carlosalbertohang TWITTER: @hangjornalista FACEBOOK: @opiniaodeumlivrepensadorbyHANG

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Block