Terça, 28/06/2022
Joinville - SC

Exército recupera fuzil furtado do acidente com caminhão no Itinga

março 28, 2022
Exército recupera fuzil furtado do acidente com caminhão no Itinga
Compartilhar
Ouvir publicação

O homem que estava de posse de um dos fuzis que teriam sido furtados do local do acidente que envolveu um caminhão do Exército Brasileiro em Blumenau foi preso na noite deste domingo (28) bairro Itinga, em Araquari.

A operação do Exército contou com a participação da Polícia Militar. Foram realizadas diligências pelas forças e foi levantada a informação de que 2 fuzis foram negociados com o suspeito morador do bairro Itinga.

De acordo com a polícia, o mesmo seria um negociador de armas já havia sido preso no RJ pelo mesmo crime na posse de 40 pistolas (calibre .40 e 9mm).  Ainda na noite deste domingo, as equipes realizaram buscas no bairro Jardim Paraíso.

 


Buscas

O Exército realizou buscas em Joinville, pelas armas que estavam com os soldados envolvidos no acidente com o caminhão da corporação que ocorreu na manhã do dia 16 de Março, em uma área mata em Blumenau. A operação conta com o apoio da polícia militar.

Dois soldados morreram no acidente. O comandante da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, general Márcio Luis Pereira, não divulgou quantas seguem desaparecidas, mas disse que o Exército tem esse controle.

Na hora do acidente, cada militar carregava pelo menos um fuzil, além de outros equipamentos do exército. De acordo com a polícia militar, uma arma foi localizada em Araquari.

Vítimas

A 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, por meio de nota, confirmou a morte do soldado Alex Carvalho da Cruz e do soldado Diogo Felipe Veiga, que estavam no caminhão do Exército Brasileiro que caiu em uma ribanceira de cerca de 20 metros.

Caminhão caiu em ribanceira em estrada que fica entre Indaial e Blumenau — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Block