Quarta, 27/10/2021
Joinville - SC

Exercícios para o cérebro garantem a saúde mental

agosto 25, 2021
Exercícios para o cérebro garantem a saúde mental
Compartilhar
Ouvir publicação

Todos os dias estamos focados na nossa saúde física, procurando formas de nos mantermos mais saudáveis através de exercício ou alimentação saudável. Mas muitas vezes nós nos esquecemos de dar atenção à nossa saúde mental, que tem tanta ou mais
importância do que a saúde física.

 

 

Claro que as duas estão interligadas: quem já ouviu a expressão “corpo são, mente sã” sabe muito bem que uma das melhores formas de exercitar a mente é a atividade física. Por essa razão, nunca podemos deixar de lado o exercício físico. Um estudo publicado em 2016 por Alan Kurdi e Barween Hikmat mostrou que os jovens com dietas pouco saudáveis, com elevada quantidade de alimentos processados, tinham 79% mais probabilidade de sofrer de depressão. Este é um estudo que confirma que a alimentação é também um fator chave para a saúde mental — não podemos esquecer que o que colocamos no nosso corpo se transforma na nossa energia e que se relaciona
intimamente com a nossa mente.

Certamente não podemos associar todos os problemas com falta de exercício ou uma má alimentação. Na verdade, são identificadas muitas outras causas para distúrbios mentais que, por vezes, não podemos controlar, mas quando temos o poder de melhorar algo na
nossa vida devemos aproveitar a oportunidade.

Algumas doenças graves relacionadas com o cérebro têm como base de tratamento pequenas atividades para manter a mente dos pacientes ativa e em constante regeneração. Um dos distúrbios mentais que usa este tipo de tratamento é a demência, especialmente
aquela causada pelo Alzheimer. Segundo um estudo publicado na Revista Brasileira de Epidemiologia, o número de brasileiros com demência irá aumentar nas próximas décadas.

Com isto em mente, é necessário começar a tomar ações de prevenção e não se esquecer de priorizar o que é realmente importante — a sua saúde. Como resultado desta pesquisa o Ministério da Saúde divulgou alguns conselhos para prevenção desta doença, recomendando “estudar, ler, pensar, manter a mente sempre ativa”, “fazer exercícios de aritmética”, “jogos inteligentes”, “atividades em grupo”, “não fumar”, “ter alimentação saudável e regrada” e “fazer prática de atividades físicas regulares”.

Se você ainda não deu o primeiro passo para tomar o controle da sua saúde mental, pois acha que será mais alguma coisa a lhe tomar algum tempo, não desista! Estes exercícios não são atividades complicadas: alguns jogos e outras pequenas alterações no seu dia a
dia podem estimular o seu cérebro sem você se dar conta.

A memória é a chave
Tente recriar algo de memória, sem preparação ou estudo. Ao fazer algo como, por exemplo, desenhar o mapa da sua cidade vai estimular o seu cérebro reforçando a memória. Tente se focar nas ruas principais, lojas e edifícios marcantes; e se não tiver as
melhores habilidades artísticas, pode fazer este desafio mais facilmente na sua mente, ao imaginar que está passeando pela cidade.

Jogos de treinamento da mente

A forma mais divertida e eficiente de treinar o cérebro é com jogos que estimulam a mente. Estes jogos não precisam ser difíceis ou aborrecidos. Aliás, um dos mais eficazes é um dos jogos de cartas mais famosos do mundo — o poker. Este jogo popularizou-se ainda mais com a introdução de sites de cassino que permitem jogar e aprender poker online gratuitamente e exercitar a mente sem sair de casa. Exercer a concentração, a criação de estratégia e a disciplina é o mix perfeito para um cocktail da “neuroaeróbica”.

Outros pequenos jogos, como o sudoku ou palavras cruzadas, são também maneiras divertidas e simples de puxar pelo cérebro e melhorar a sua saúde mental.

Diversifique a sua leitura

Esta é uma atividade dois em um, pois vai fazer com que você leia — o que é um ótimo exercício mental —, e também um verdadeiro desafio para a mente, se buscar por leituras com temas diferentes do que está habituado. Assim, se você costuma ler romances,
experimente ler um livro mais aventureiro ou sair completamente da ficção e ler um livro de autoajuda ou biografia.
Agora que você já conhece a importância da saúde mental e como melhorar constantemente, pode começar a exercitar o seu cérebro diariamente e verá que as mudanças são automáticas, vai sentir-se mais energético e atento, aumentando a produtividade. Fonte: Robina Weermeijer no Unsplash

Siga-nos no nosso Instagram para receber notícias da região direto no seu celular. Para participar, basta CLICAR AQUI 

identificadas

Block