Segunda, 16/05/2022
Joinville - SC

Ex-padrasto que matou menina de 2 anos é denunciado por homicídio

maio 14, 2022
Ex-padrasto que matou menina de 2 anos é denunciado por homicídio
Compartilhar
Ouvir publicação

O ex-padrasto da criança de 2 anos encontrada morta em um apartamento de Treze Tílias, no Oeste catarinense, foi denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) por homicídio qualificado. O homem confessou o assassinato à polícia e está preso preventivamente. A denúncia chegou ao Poder Judiciário na tarde desta sexta-feira (13).

 

As qualificadoras do homicídio que constam na denúncia são motivo torpe, emprego de meio cruel, praticado à traição e mediante meio que dificultou a defesa da vítima, além de feminicídio.

Denúncia

A menina foi assassinada dentro de casa. Segundo a denúncia, a motivação foi o desejo do homem de se vingar da mãe dela, que terminou o relacionamento com ele e pediu para que ele saísse da casa que dividiam com a criança.

 

Investigação policial

Segundo a Polícia Civil, mãe e ex-padrasto haviam se separado há cerca de um mês, mas estavam morando juntos até ele encontrar um novo local. A menina tinha um corte no pescoço quando foi encontrada.

A mãe da criança saiu para trabalhar, por volta das 7h de 26 de abril e deixou a filha aos cuidados do ex-companheiro, na casa onde os dois estavam vivendo. O ex-padrasto teria pedido, então, para ficar com a menina naquele dia de despedida, quando compraria alguns presentes para ela.

Menina de dois anos foi encontrada morta em um apartamento — Foto: Reprodução/ Redes sociais
Menina de dois anos foi encontrada morta em um apartamento — Foto: Reprodução/ Redes sociais

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Block