Quarta, 29/06/2022
Joinville - SC

Estudante de Medicina ironiza morte de paciente nas redes sociais

fevereiro 11, 2022
Estudante de Medicina ironiza morte de paciente nas redes sociais
Compartilhar
Ouvir publicação

Uma estudante do 9º período de Medicina de Alagoas foi suspensa do estágio na rede de saúde pública da cidade de Marechal Deodoro após ironizar a morte de uma paciente nas redes sociais.

Clique aqui e participe do grupo

de Whatsapp Aconteceu em Joinville

O caso aconteceu na Unidade Mista Dr. José Carlos Gusmão. Na primeira publicação que fez no Instagram, a estudante, que não teve a identidade revelada, reclamou: “Faltando 10 minutos para minha hora de dormir, chega a mulher enfartando e com edema agudo de pulmão. Agora já passou 1h30 da minha hora de dormir, tô p***”.

Dados pessoais da paciente e os procedimentos médicos adotados foram expostos na foto. Em seguida, a universitária continuou: “Atualizações: a mulher morreu e eu não dormi”.

O conteúdo começou a circular em grupos de WhatsApp, nos quais a estudante foi criticada pela insensibilidade com que tratou a morte da paciente, além da exposição da vítima. Após a repercussão, a estagiária desativou a conta na rede social.

A garota estuda no Centro Universitário Cesmac, que se manifestou sobre o caso, dizendo ter iniciado um processo administrativo para investigação e reforçando que repudia veementemente qualquer postura inadequada e fora dos padrões de ética. Além disso, frisou que a jovem foi afastada de suas atividades  acadêmicas. Este texto foi originalmente publicado no Metro Jornal

Block